Após tropeço do São Paulo, Osorio critica Luis Fabiano: “Faltou mobilidade dele”

O atacante Luis Fabiano foi um dos jogadores mais criticados pelo torcedor do São Paulo após o empate sem gols com a Chapecoense, no Morumbi, nesta quinta-feira (17), pelo Campeonato Brasileiro. E as críticas não foram somente das arquibancadas, vieram também da comissão técnica. O colombiano Juan Carlos Osorio deu uma oportunidade dele jogar o tempo todo, mas não correspondeu.

LEIA MAIS
Rodrigo Caio minimiza vaias da torcida do São Paulo após empate sem gols
Foi a gota d’água? Luis Fabiano retorna e recebe avalanche de criticas nas redes sociais
São Paulo x Chapecoense: acompanhe como foi o placar AO VIVO
Veja a escalação do São Paulo para pegar a Chapecoense

“Eu respeito todas as opiniões, na minha o jogo era ter o Luis (Fabiano) como referência na área para buscar a bola aérea. Era outra maneira de tentar entrar na área. Mas faltou mobilidade dele”, lamentou o treinador sul-americano, que reclamou de lentidão do camisa 9 são-paulino.

Contudo, o escolhido de Osorio para sair da partida foi Alexandre Pato, e ele explicou a escolha de não ter tirado Fabuloso e sim o artilheiro tricolor na temporada. “Nós não temos um driblador e hoje o Alexandre (Pato) não estava bem. É a mesma coisa que acontece quando Barcelona não tem o Messi ou o Neymar”, comparou o comandante do São Paulo. Rogério entrou no lugar de Pato no segundo tempo para manter o time rápido.

Mesmo com a igualdade sem gols, o São Paulo assumiu o quarto lugar da classificação, reingressando ao G-4, com 42 pontos, um a mais que o Flamengo, que vai perdendo para o Coritiba por 2 a 0 no Mané Garrincha.

Crédito da foto: Reprodução/TV



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.