Visando formação de pilotos, F-Inter é lançada em São Paulo

Uma das principais críticas com relação ao automobilismo brasileiro diz respeito às categorias de base. Atualmente, o piloto que sai do kart possui apenas a Fórmula 3 Brasil para disputar dentro do País. E é este cenário que o empresário Marcos Galassi pretende mudar. Para isso, ele criou a Fórmula Inter, que integrará o Campeonato Paulista de Automobilismo e que tem como objetivo ser uma ponte entre estes dois torneios. O carro da categoria foi apresentado nesta quinta-feira (13), em São Paulo (SP).

LEIA MAIS:
Gentili recebe Felipe Massa e fala palavrão sobre Hamilton

“Projetamos um carro único, adequado ao mercado brasileiro, pensado para ser ofertado aos pilotos em condições realmente especiais, acompanhado de uma infraestrutura adequada. Automobilismo profissional com custos de categorias amadoras, essa é uma das premissas seguidas na concepção do mais moderno carro de Fórmula nacional da atualidade”, comenta Galassi, Diretor Executivo da nova categoria.

O carro, totalmente construído no Brasil, é feito em chassi tubular com reforço no habitáculo que, assim como a asa dianteira e o aerofólio, é feito em fibra de carbono. O motor a etanol é um quatro cilindros em linha com 2.0 litros e 16 válvulas, que geram 191 HPs. Já o câmbio possui quatro marchas em H, o que permite a diminuição do custo de fabricação do equipamento. Os pneus serão Pirelli, também fabricados no País.

Além do torneio, o objetivo da mais nova categoria do esporte a motor é preparar pilotos para seguir carreira em campeonatos de monopostos. Para isso, os competidores terão acesso à Academia Fórmula Inter, da qual poderão ver aulas mecânica, pilotagem, marketing e outras disciplinas. Esta academia possui dez pilotos e contará com a supervisão de Roberto Moreno, ex-piloto de Fórmula 1 e IndyCar.

“Temos a experiência de todos os profissionais competentes que fazem parte da Fórmula Inter, e que estarão envolvidos em todas as etapas durante a passagem do piloto por ela e certamente vão contribuir para seu crescimento e para sua realização pessoal. Por isso foi formada a Academia Fórmula Inter, uma escola para os nossos jovens talentos e futuros campeões”, completa Galassi.

Ainda sem calendário definido, a Fórmula Inter terá uma temporada com 11 corridas, todas no Autódromo de Interlagos, que passa por uma profunda reforma. Isso se deve ao fato do torneio estar integrado ao Campeonato Estadual. A duração das corridas, que acontecerão sempre aos domingos, também está em aberto, devido a necessidade de testes referentes ao consumo de combustível e de pneus do monoposto.

Cinco das 20 vagas disponíveis estão reservadas, de acordo com o site da série. Até o final do mês de agosto, os interessados em disputar uma etapa da Fórmula Inter terão de arcar com R$11.999,00. Depois disso, o valor sobe para R$13.999,00.

Foto: divulgação



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.