São Paulo acerta com Rogério e aguarda liberação do Vitória

Divulgação/EC Vitória

As conversas entre São Paulo e Náutico deram um importante avanço na tarde desta terça-feira para o desfecho da contratação do atacante Rogério, que está emprestado ao Vitória-BA. A diretoria do Timbu informou o acerto com o Tricolor Paulista, vendendo os seus 65% de direitos econômicos que tinham sob o jogador (os outros 35% pertencem ao Porto de Caruaru, clube que o revelou). O contrato entre Rogério e São Paulo será de três temporadas.

LEIA MAIS
Conheça o atacante Rogério, possível reforço do São Paulo
Presidente do Orlando City diz que dívida do São Paulo aumenta R$ 35 mil por dia

Insatisfeito com a repercussão, o vice-presidente do Vitória, Manoel Mattos, falou que não pretende liberar o atleta até o dia 31 de dezembro, quando encerra o seu contrato de empréstimo com o Leão. “O Vitória libera o jogador se ele [o clube] for envolvido na negociação. Não existe cláusula liberatória no contrato. A cláusula de vitrine existe quando há transferência internacional. Não tem cláusula de vitrine para o futebol nacional. Já solicitamos notificação, tanto do Náutico como do São Paulo. O Vitória continua ainda em nível de mídia. O clube só vai se posicionar quando for informado oficialmente sobre a negociação”, disparou o dirigente.

Após fazer boa aparição pela equipe pernambucana, o atacante foi negociado por empréstimo ao Al Dhafra, dos Emirados Árabes Unidos, em 2013. Porém, não conseguiu se firmar e retornou ao Brasil no ano passado para atuar, ainda por empréstimo, no Botafogo-RJ, justo no ano que a equipe carioca foi rebaixada pela série B no Campeonato Brasileiro.

Em 2015, foi cedido ao Vitória, pois o Náutico não conseguiria arcar com os custos do jogador. Pelo clube baiano, o atacante tem assinalado 10 gols na temporada, tendo balançado a rede nos dois últimos compromissos do Leão pela série B do Brasileiro.

Com informações da Rádio Transmaérica SP e GloboEsporte.com

Foto: Divulgação/EC Vitória