Primeiro dia de aula das filhas tirou Federer de Montreal

Reprodução Facebook

A ausência de Roger Federer no Masters 1000 de Montreal é ‘culpa’ das filhas do tenistas. Para não perder o primeiro dia de aula das gêmeas, o suíço abriu mão de disputar o torneio.

LEIA MAIS:
Opinião: O tênis sobreviverá ao fim da era Federer?

Atual número 2 do mundo e um dos melhores tenistas da história, Roger Federer mostrou que manda bem também como pai de família. O suíço abriu mão de disputar o Masters 1000 de Montreal, que acontece entre os dias 10 e 16 de agosto, no Canadá, para acompanhar as filhas no primeiro dia de aula.

Segundo o jornal alemão Aargauer Zeitung, as filhas gêmeas de Federer, Charlene Riva e Myla Rose, pediram ao pai que lhes acompanhassem no primeiro dia de aula em uma escola suíça, que coincidiria com as datas de disputa do torneio canadense.

O pai das gêmeas de 6 anos agora torce para que Andy Murray não alcance a final do Masters 1000 de Montreal. Caso Murray seja finalista, Federer perderá o posto de segundo colocado do ranking da ATP para o britânico.

 

CRÉDITO DA FOTO: Reprodução Facebook



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).