Presidente da Crefisa estuda se candidatar para vaga de Paulo Nobre no Palmeiras

Crefisa
Foto: Divulgação/Palmeiras

A Crefisa, principal patrocinadora do Palmeiras na temporada, já planeja investir ainda mais no clube nos próximos anos. Além de contratações, parcerias e o ambicioso desejo de comprar o Allianz Parque, agora a empresa estuda ter uma representante na presidência do clube.

LEIA MAIS:
No Palmeiras, Crefisa quer superar Parmalat e não descarta comprar o Allianz Parque

Segundo informações do ‘Diário de S.Paulo’, Leila Pereira, esposa de José Roberto Lamacchia, dono da Crefisa e da Faculdade das Américas, deve ser uma pré-candidata para ocupar a vaga de Paulo Nobre, que deixará o clube em 2016.

Lamacchia já teria conversado com o ex-presidente Mustafá Contursi para pedir apoio na concorrência e para viabilizar a empreitada.

De acordo com o estatuto do clube, para se candidatar a presidência, é necessário se eleger conselheira por pelo menos dois mandatos antes de ter a chance de se candidatar à presidência. Leila se tornou sócia do Palmeiras no início do ano, mas uma mudança que já está sendo discutida, pode facilitar o processo.

A presidente da Crefisa poderia conquistar a vaga de conselheira por causa das doações feitas ao Verdão — a contratação de Lucas Barrios será paga integralmente pelas empresas. Assim, ela poderia tentar a eleição para suceder Paulo Nobre, que já está no segundo mandato.

Foto: Divulgação

VEJA TAMBÉM:
Veja, com detalhes, a nova camisa do Palmeiras para 2015