São Paulo vence, entra no G4 e mantém tabu em Florianópolis

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

A vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense nesta quarta (12) no Orlando Scarpelli levou o São Paulo de volta à zona de classificação da Libertadores. Além disso, o tricolor chegou ao oitavo jogo sem perder para o rival catarinense. Alexandre Pato e Rogério Ceni marcaram os gols em Florianópolis.

LEIA MAIS:
Luis Fabiano leva terceiro cartão amarelo e internautas zoam atacante na web; veja
Carlos Alberto e Luis Fabiano brincam e trocam tapas em campo; assista
Santos x Vasco: Geuvânio crava e Victor Ferraz dá vitória ao Santos com gol de falta

“Queria muito marcar um gol no meu retorno ao time, mas o que eu quero mesmo é ser campeão”, declarou Pato. Ele desfalcou o São Paulo no empate por 1 a 1 contra o Corinthians por questões contratuais.

São Paulo entrou em campo com seis alterações no time titular que empatou o clássico de domingo (9). Saíram Bruno, Lucão, Carlinhos, Hudson, Michel Bastos e Centurión. Nenhum deles sofreu contusão ou suspensão, apenas foram sacados do time por opção do técnico Juan Carlos Osorio.

Alexandre Pato correspondeu ao status de artilheiro ao marcar o primeiro gol do São Paulo logo no início do jogo. O atacante recebeu na intermediária, invadiu a meia-lua e chutou colocado, de pé direito, sem defesa para Alex Muralha. O camisa 11 do São Paulo marcou o oitavo gol dele no Brasileirão e agora tem dois a menos do que Ricardo Oliveira. O jogador do Santos, inclusive, perdeu um pênalti contra o Vasco.

Aos 26min, a bola desviou no braço atacante Marcão e o árbitro Anderson Daronco marcou pênalti. Rogério Ceni bateu rasteiro no canto esquerdo e deslocou o goleiro do Figueirense para ampliar a vantagem do São Paulo. Logo depois, o camisa 1 do São Paulo sentiu dores na coxa direita, mas mesmo assim seguiu em campo até o final do jogo.

Na segunda etapa, Luis Fabiano teve a chance de fazer o terceiro do São Paulo, mas Alex Muralha se esticou para defender a cabeçada do atacante aos 15min. Já o Figueirense abusou das jogadas aéreas mas não obteve sucesso. O lateral Sueliton quase descontou no minuto final, mas Rogério Ceni evitou o gol.

O zagueiro Luiz Eduardo levou o cartão vermelho em disputa de bola com Rafael Bastos, do Figueirense, e como Juan Carlos Osorio já havia feito as três substituições o lateral-esquerdo Reinaldo foi deslocado para a zaga.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 31 pontos e assumiu a terceira posição. O time pode ser ultrapassado pelo Grêmio, que vem logo atrás. O tricolor gaúcho enfrenta o vice-líder Atlético-MG nesta quinta (13) no Mineirão. Já o Figueirense continua com 20 pontos e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, em 15º lugar.

Na próxima rodada, disputada neste final de semana, o São Paulo recebe o Goiás no Morumbi enquanto o Figueirense viaja para enfrentar o Fluminense no Maracanã.

(Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)