Na mira do FBI, Del Nero nega que esteja com medo de deixar o Brasil

Getty Images

A Fifa está sob intensa investigação do FBI e da Justiça norte-americana por conta da corrupção e o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, também está na mira. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o dirigente negou que esteja com medo de viajar para o exterior.

Questionado se viajará com a seleção brasileira para os Estados Unidos, onde enfrentará Costa Rica e a seleção da casa, em Nova Jersey e Boston, respectivamente, Del Nero afirmou que ainda não definiu.

“Eu estou analisando. Posso ir a qualquer lugar do mundo, não há nada que me impeça. Estou avaliando”, disse.

Del Nero estava em Zurique quando José Maria Marin foi preso com suspeita de participar ativamente da corrupção na Fifa. O presidente da CBF retornou ao Brasil e desde então não deixou o país. Del Nero não foi ao Chile para acompanhar a Copa América, à Rússia para o sorteio das Eliminatórias da Copa de 2018 e à Suíça para a reunião do comitê executivo que definiu a nova eleição da Fifa.

Del Nero esteve ao lado de Dunga e Gilmar Rinaldi durante a convocação da seleção brasileira para os amistosos da seleção.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.