Kayke destaca experiência e se diz “mais pronto” para ajudar o Flamengo

Gilvan de Souza/Flamengo

Oito anos após deixar o Flamengo, o atacante Kayke está de volta oficialmente à Gávea e agora tem a chance da sequência de jogos que tanto faltou em sua primeira passagem. Revelado nas categorias de base do clube, o jogador só disputou quatro partidas pela equipe principal em 2007 e, então, tentou a sorte em outros times. Mais calejado com a experiência inclusive no exterior, o novo camisa 27 do Rubro-Negro garante já estar pronto para mostrar serviço.

LEIA TAMBÉM:
Enquete: Qual técnico você prefere no lugar de Cristóvão no Flamengo?
Cristóvão Borges revela que tem sido vítima de racismo no Flamengo
Flamengo apresenta novo uniforme reserva para a temporada; veja

“Preparado eu estou. Tem agora apenas a adaptação. Conhecer o elenco e eles me conhecerem. Na parte física e técnica eu estou bem. Joguei 35 partidas no ABC. Espero ter oportunidade o mais breve possível”, declarou Kayke em sua apresentação na Gávea na noite dessa terça-feira.

O jogador já está regularizado junto à CBF e está na lista de relacionados do técnico Cristóvão Borges para a partida contra o Atlético-PR nesta quarta-feira pelo Campeonato Brasileiro. Como Paolo Guerrero não poderá entrar em campo por suspensão automática, há a chance de Kayke começar desde o início.

No ABC-RN, de onde foi contratado pelo Flamengo, Kayke vinha sendo o vice-artilheiro da Série B e, por isso, ele só quer ajudar o novo time a melhorar sua situação na tabela. “Tive várias oportunidades desde que saí do Flamengo que me fizeram crescer como pessoa e também como profissional. Volto mais seguro, mais certo daquilo que sou e quero. E também me sinto mais pronto para ajudar ao Flamengo”, disse.

Hoje o Flamengo ocupa o 13º lugar na classificação do Campeonato Brasileiro com 20 pontos conquistados. A equipe tenta voltar ao caminho das vitórias após empatar com o Santos e perder para a Ponte Preta.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.