Jogador da NFL trabalha como motorista do Uber antes do início da temporada

Crédito da foto: Divulgação.

O DT do Miami Dolphins, A.J. Francis, deu nessas férias do futebol americano um exemplo de como é gostar de trabalhar. O atleta de 25 anos fez um “bico” como motorista do aplicativo Uber durante o período sem jogos.

Mesmo não havendo explícita necessidade de complementar sua renda (A.J. ganhou 300 mil dólares na última temporada, equivalentes a 1 milhão de reais atualmente, além dos bônus por treinamento que recebe enquanto o time está em atividade), o jogador draftado em 2013 não demonstra o mínimo descontentamento com o segundo o emprego. “Os atletas não recebem bônus de treinamento em julho e agosto [período em que os clubes não disputam competições], então eu decidi virar meu próprio chefe”, disse o defensor à ESPN.

O Uber tem causado muita polêmica em diversos no mundo, em especial no Brasil. Uma verdadeira guerra tem sido travada entre usuários do aplicativo e taxistas que não o aceitam.

LEIA MAIS:
Confira as datas e horários dos próximos jogos da pré-temporada da NFL
Após levar “super” soco, jogador dos Jets fica fora do início da temporada

Porém, a temporada de motorista de A.J. Francis terá de ser encerrada para o início de outra. Hoje, os Dolphins pegam o Chicago Bears, em Chicago, às 21h, pela pré-temporada da NFL.

Crédito da foto: Divulgação.



Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Amante do futebol, apaixonado por futebol americano e interessado pela antropologia esportiva.