Opinião: É impossível apontar um favorito ao título brasileiro

Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

O equilibrado Campeonato Brasileiro está cada vez mais empolgante. Com a derrota do Atlético MG para o Grêmio, o Corinthians assumiu a liderança com 37 pontos. Mesmo assim é difícil cravar quem terminará o turno na primeira colocação.

LEIA MAIS
São Paulo joga a toalha e desiste de Valdivia

Um dos motivos é o nível técnico semelhante entre as equipes. Sinceramente não vejo a possibilidade de termos algum clube abrindo larga vantagem na segunda parte da competição. Muito pelo contrário, acredito em alternâncias e surpresas nas duas pontas.

A razão disso é a pequena diferença que o Timão tem para o sexto colocado Sport e o Vasco para o Avaí, o primeiro time fora do Z4. São apenas sete pontos.

É óbvio que a regularidade será fundamental para que isso ocorra. Quem poderia esperar, por exemplo que o Joinville conseguiria duas vitórias e um empate nas últimas três partidas? Hoje está há quatro pontos do Avaí.

Em cima da tabela, a mesma coisa. O Palmeiras não vence há três rodadas e mesmo assim, graças a ótima sequência que o colocaram como favorito ao título, segue com 28 pontos na oitava colocação.

A última rodada do turno deve ser eletrizante. E os quatro catarinenses serão os principais protagonistas.  O Corinthians vai visitar o desesperado Avaí, que costuma ir bem em casa. A Chapecoense na Arena Condá também é muito forte, mas terá o Atlético MG que joga para frente aonde quer que esteja. Já o Grêmio encara em sua arena, provavelmente lotada, o também embalado Joinville.

São Paulo e Fluminense têm tudo para irem bem nesta rodada. O tricolor paulista recebe o Goiás e pode se aproximar ainda mais do topo. O carioca medirá forças contra o Figueirense e precisa vencer para tentar voltar ao G4. É fazer a lição de casa para não sofrer as consequências lá na frente, afinal esses pontos “caseiros” fazem falta e não voltam mais.

É bom ficarmos de olho também nos rubro-negros de Pernambuco e Paranaense que comem pelas beiradas, além do jogo entre Cruzeiro e Internacional que decepcionam e querem subir na tabela.

Faça a sua aposta para os resultados dessa última rodada e pense no que pode ocorrer no segundo turno, se é que isso seja possível, nesse que é um dos torneios mais equilibrados dos últimos anos.

Até a próxima!

Foto: Bruno Cantini/CAM



Sou formado em Publ & Prop, jornalismo e rádio. Trabalhei em grandes empresas do ramo de serviços e desde 2003 atuo na área esportiva. Fiz parte da equipe da rádio Record e rádio USP, onde criei, produzi e apresentei 2 programas esportivos. Coordenei o principal programa jornalístico da rádio Estadão ESPN. Atualmente atuo na área comercial.