Cruzeiro tenta quebrar marca negativa contra catarinenses

Na próxima quinta-feira, às 21h, o Cruzeiro parece ter um jogo bom para se manter em recuperação no Campeonato Brasileiro: enfrente o Joinville, antepenúltimo na tabela. Só que o jogo em Santa Catarina pode ser mais complicado que se imagina: além do fator desespero do time da casa, os mineiros não estão bem contra catarinenses até aqui.

Todos os outros três times de SC na competição já duelaram contra o Cruzeiro – e nenhum perdeu. Pior: o Cruzeiro jogou dois destes duelos no Mineirão e, nem assim, saiu com a vitória.

Foram duas derrotas: contra a Chapecoense, por 1 a 0, no Mineirão, e contra o Figueirense, fora de casa, por 2 a 1. Houve também um empate: 1 a 1 com o Avaí, também em Belo Horizonte.

Porém, em nenhum dos duelos anteriores, o Cruzeiro vinha neste bom momento na competição. Empolgado com a vitória sobre o Palmeiras no último domingo, Paulo André comentou sobre o jogo em SC: “A sensação é de confiança, de um time que está crescendo, se encontrando, sabendo diminuir os espaços e ser efetivo diante do gol adversário. Estamos satisfeitos com últimos dois jogos e esperamos seguir nessa toada”, declarou o zagueiro ao site oficial do clube.

“É uma luta. Precisamos dos pontos, e vamos lá para buscar. Acho que essa tática de pensar jogo a jogo tem dado certo. É um jogo difícil. A vitória é fundamental. Temos de ter atenção, cuidado, mas buscar a vitória no Sul. Chegou a hora de inverter essa escrita”, completou.

Foto: Washington Alves/Lightpress/Divulgação Cruzeiro



Jornalista esportivo.