CPI do Futebol convoca jornalistas esportivos

Crédito: Divulgação/Facebook

Em reunião realizada nesta terça pela CPI do Futebol, o ex-jogador e senador Romário Faria (PSB-RJ) aprovou requerimentos do relator Romero Jucá que convocam os jornalistas esportivos como testemunhas do caso que envolvem a CBF e FIFA. São eles: Juca Kfouri e José Cruz, do UOL, Jamil Chade, do Estadão, e Sérgio Rangel, da Folha. Os três primeiros já confirmaram presença.

“São profissionais com ampla experiência e conhecimento das irregularidades da CBF. Jamil Chade, por exemplo, vai nos falar sobre a “rota do dinheiro” nos amistosos da Seleção, tudo baseado em contratos. Os depoimentos deles vão ser fundamentais para traçarmos um caminho nas investigações”, declarou Romário em sua página oficial no Facebook.

Além dos jornalistas, duas pastas foram criadas para ouvirem membros do Bom Senso FC e presidentes das federações de futebol. A intensão dos membros da CPI do Futebol é ainda ouvir nomes, como Pelé, Zico, Luiz Felipe Scolari, Carlos Alberto Parreira e Dunga. O ex-presidente Ricardo Teixeira e o atual presidente, Marco Polo Del Nero, também serão convocados pela CPI do Futebol

Após vários escândalos que envolvem a entidade máxima do futebol, a FIFA, o mundo do futebol virou de ponta-cabeça. Com isso, a força para uma CPI do Futebol aumentou e um dos mais entusiasmados com esta adesão foi o Romário, que puxou a fila e conseguiu instaurar uma comissão com mais 11 parlamentares.

Com José Maria Marin, ex-presidente da CBF, preso com outros dirigentes da FIFA envolvidos na máfia, a CPI irá investigar todos os contratos que a CBF possuí em relação a amistosos internacionais, Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014.

Crédito da foto: Divulgação/Facebook