Conheça 5 motivos para o Palmeiras querer a renovação com a Adidas

Divulgação

Nos últimos dias, o Palmeiras se aproximou de uma renovação por mais uma temporada com a Adidas, fornecedora de material esportiva que vem apostando no clube desde 2006 nessa segunda passagem. Antes, a empresa alemã havia patrocinado o Verdão entre 1977 e 1992. Após muitos impasses, a cúpula alviverde parece ter, enfim, convencido a grife em abrir os cofres para aumentar a bagatela anual de R$ 17 milhões, condição considerada fundamental para a parceria continuar de pé.

LEIA TAMBÉM:
15 notícias do Palmeiras que você PRECISA ler hoje
Parceria de Flamengo, Palmeiras e Maracanã visa melhorias aos visitantes nos estádios do Brasil

Mas, tirando a parte burocrática, o Palmeiras sabe que, no fundo, a parceria com a Adidas é muito importante, tanto pelo prestígio comercial do clube como também na questão global dentro do mercado do futebol. A seguir, o Torcedores.com expõe cinco motivos para você entender o quanto o Verdão será beneficiado por manter a Adidas em sua vestimenta.

Confira!

1) Respeito
A Adidas é uma das maiores empresas de material esportivo da atualidade e patrocina muitos dos maiores clubes do mundo, como o Real Madrid, o Bayern de Munique, o Chelsea, além da seleção alemã tetracampeã. Se não bastasse isso, Lionel Messi, quatro vezes melhor jogador do planeta, é garoto-propaganda da marca.

2) Gosto da torcida
Pesquisa realizada pela revista Placar, no fim de 2014, apontou que a camisa do Palmeiras foi a segunda mais vendida no Brasil, perdendo apenas para a do Barcelona. E olha que o Verdão teve um péssimo ano dentro de campo, quase rebaixado à Série B no Campeonato Brasileiro. Tudo isso comprova o quanto o torcedor alviverde aprecia o material confeccionado pela empresa alemã, sempre de excelente qualidade (camisas, shorts, meias, tênis, chuteiras etc).

3) Anos de confiança
Como citado mais acima, a Adidas está em sua segunda passagem pelo Palmeiras e, desde 2006, vem fabricando os uniformes do Verdão. No início da parceria, a empresa realmente precisou confiar bastante no sucesso do clube, que tinha sido rebaixado para a Série B em 2002 e passava por problemas financeiros nas temporadas seguintes. Para completar, a empresa manteve o apoio mesmo com o segundo descenso, em 2012.

4) Grito de campeão
A primeira década do século XXI foi bastante conturbada no Palmeiras, pelos motivos citados no item 3. Entretanto, o Palmeiras consegui ainda assim lampejos de alegria como o título do Campeonato Paulista de 2008, a Copa do Brasil de 2012, o bicampeonato da Série B do Brasileiro, em 2013, e o vice-campeonato do Paulistão desse ano. Tudo isso com a Adidas estampada no peito.

5) Rivalidade
Tradicionalmente a maior empresa concorrente da Adidas no mercado é a norte-americana Nike. No campo, a grande maioria dos jogadores opta por uma ou outra no pé. Raras são as exceções. Pensando assim, se Nike e Adidas são, em tom de brincadeira, “inimigas”, pode vir daí também a explicação de cada marca ter escolhido uma equipe rival no estado de São Paulo. Enquanto o Palmeiras tem a Adidas como sua parceira, o arquirrival Corinthians desfila de Nike há mais de uma década. Então, como ambas são líderes de mercado, o Palmeiras não deveria deixar sua parceira ir embora da Academia, não é?

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Fotos: Matheus Martins Fontes/Torcedores.com



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.