Aplicado taticamente, Náutico segura pressão e empata com o Bahia pela Série B

Foto: Twitter Oficial do Bahia/ Reprodução.

Bahia e Náutico empataram por 1 a 1 na noite desta terça-feira (11), pela 18ª rodada do Brasileirão Série B na Fonte Nova, em Salvador. Em uma partida sem grandes chances, prevaleceu o esquema tático armado pelo técnico alvirrubro, que arrancou um ponto fora de casa diante de quase 24 mil torcedores.

Classificação dos times no campeonato: Com o empate, o Bahia caiu para a segunda posição com 32 pontos, enquanto que o Náutico saiu do G-4 devido à vitória do Sampaio Corrêa. O alvirrubro pernambucano ficou com 29 pontos na 6ª posição.

O que marcou o jogo: A vantagem de jogar em casa não foi suficiente para impedir a aplicação tática do Náutico, que foi bem armado pelo técnico Lisca. Sem muitas chances, o empate ficou de bom tamanho para as duas equipes, mas acabou prejudicando o Náutico na tabela, já que os alvirrubros perderam a oportunidade de entrar no G-4.

Primeiro tempo: O Bahia, assim como nas outras partidas em casa, manteve a posse de bola no início do jogo, utilizando bastante as laterais com Vitor e Cicinho, buscando o atacante Kieza. Já o Náutico veio com uma proposta defensiva, jogando por uma bola, sempre procurando o atacante Douglas, que quase marcou aos 29.

Sem conseguir furar o bloqueio alvirrubro, o Bahia tentou chutes de longe com o meia Souza, mas se levar perigo ao estreante Rodolpho. Já no final da primeira etapa, com os baianos sem tanta efetividades, o Náutico aproveitou um contra-ataque pela esquerda e Patrick Vieira abriu o placar aos 43 minutos, completando o cru zamento de Gastón Filgueira. Sem muito tempo para reagir antes do intervalo, o Bahia foi para o vestiário com vaias da torcida e o placar em 1 a 0 para o Náutico.

Segundo tempo: No começo da segunda etapa, o Bahia promoveu duas alterações, que não surtiram efeito. O Náutico começou bem melhor, e aos 5 minutos meteu duas bolas na trave, uma com Fabiano Eller e outra na falta de Willian Magrão. Após o susto, o Bahia empatou em um golaço do lateral Vitor aos 11 minutos. Na quina da grande área, o lateral acertou um belo chute no ângulo do goleiro Rodolpho, incendiando a Fonte Nova.

Com a entrada de Ronaldo Alves, o técnico Lisca fechou mais o time, aguardando mais outra bola que pudesse desempatar a partida, mas tomando precauções para não sair derrotado da Fonte Nova. O Bahia ainda se lançou ao ataque, mas não conseguia definir para o gol, e acabou vendo o jogo terminar empatado em 1 a 1.

Opinião: O Náutico foi bem em seu aspecto tático, esperando o Bahia dar brechas para fazer gols. Aconteceu, mas apenas uma vez, justamente no primeiro gol da partida, de Patrick Vieira. Os baianos ainda tentaram, mas pouco fizeram efetivamente, e ainda foram felizes no chute de Vitor, para não terminarem a rodada com derrota. Resta para o Bahia melhorar na finalização, e nas maneiras de chegar ao gol. Ao Náutico, é uma grande receita: exercer domínio em casa e arrancar pontos fora.

Escalações (com substituições):

Bahia: Douglas Pires; Cicinho, Robson, Jailton e Vitor; Yuri (Wilson Pittoni, 45′), Souza, Tiago Real e Eduardo (João Paulo, 45′); Kieza (Zé Roberto, 29’ST) e Alexandro. Técnico: Sérgio Soares.

Náutico: Rodolpho; Rafael Pereira (Flávio, 40’ST), Ronaldo Alves, Fabiano Eller, Gastón Filgueira; Lucas Farias, João Ananias, Willian Magrão, Patrick Vieira; Hiltinho (Bruno Alves, 27’ST) e Douglas (Renato, 37’ST). Técnico: Lisca

Cartões amarelos: Gastón Filgueira (Náutico, 46′)

Cartões vermelhos:

Gols: Patrick Vieira (Náutico, 43′), Vitor (Bahia, 11’ST)

Próximos jogos:
Bahia – enfrenta o Atlético Goianiense em Goiás, às 21h30 da sexta-feira (14), pela 19ª rodada do Brasileirão Série B.
Náutico – enfrenta o Bragantino na Arena Pernambuco, às 16h30 do sábado (15), pela 19ª rodada do Brasileirão Série B.

Mário Fontes Jr. é colaborador no Torcedores.com. Siga ele no Twitter: @fontesmario



Estudante de Jornalismo na UFPE, fã de esportes, apaixonado por futebol mas também rugby e futebol americano.