Da Rússia ao Japão: a grandeza de Fedor Emelianenko

Facebook - Fedor Emelianenko

Todo verdadeiro fã de MMA já ouviu falar em Fedor Emelianenko. Não apenas ouviu falar como admira o lutador russo e o coloca no pedestal de intocável, alguém que merece elogios pelo o que fez no mundo da luta.

Boa parte de suas 16 lutas no Pride estão na web e são assistidas com carinho pelos fãs. Fedor atropelou nomes como Mark Coleman, Rodrigo Minotauro, Naoya Ogawa, Kevin Randleman, Mark Hunt e o temido Mirko “Cro cop” Filipovic, em 2005, quando defendeu o cinturão peso-pesado do Pride. Esta luta, disputada em Saitama, é considerada uma das principais na carreira do atleta.

Citado por muitos como melhor peso por peso de todos os tempos, Fedor ficou invicto durante quase uma década, passando por cima de ex-campeões do UFC, K-1 e até de medalhistas olímpicos.

Fedor nunca foi derrotado no Pride, o que aumenta a sua importância no extinto evento japonês.



Jornalista graduado pelo UniCEUB, em 2010. Trabalha com esportes desde 2010 e atualmente sub-editor do caderno Torcida, do Jornal de Brasília. Passou também pela redação do Jornal Metro. Cobriu jogos do Brasileiro (Séries A a D), Copa do Mundo-2014 e Campeonato Candango, além de eventos como o Novo Basquete Brasil e a Liga Futsal.