Seleção brasileira vacila e perde a chance de disputar a medalha de ouro

seleção

Após uma boa campanha na fase de grupos do Pan Americano de Toronto, o Brasil vacila toma virada de 2 a 1 diante da celeste olímpica e perde a chance da briga pela medalha de ouro no futebol masculino.

Talvez o Brasil de Rogerio Micale esqueceu de ler a cartilha da equipe do Uruguai. Uma seleção Bi-Campeã do Mundo e Bi-Campeã Olímpica, não pode ser levada no “banho maria”, o time tem que estar ligado os 90′ minutos e as chances criadas numa partida de mata-mata não podem ser desperdiçadas.

E por cerca de 70′ minutos, a Seleção esteve em vantagem numérica, já que Mauricio Lemos, logo aos 9′ da primeira etapa, agrediu Bruno Paulista com um soco e foi expulso da partida. Porém, no restante do primeiro tempo, a equipe brasileira não conseguiu aproveitar as chances criadas, sempre abusando das jogadas individuais que terminavam sem sucesso algum.

E apesar da diferença numérica, eram os uruguaios que mais chegaram perto do primeiro gol Andrey, goleiro do Botafogo, teve que trabalhar para evitar o gol pelo menos umas três vezes, enquanto De Ameros, goleiro da celeste, sequer sujou o uniforme.

Na volta para segunda etapa, Rogerio Micale não alterou sua equipe, mas nada mudou, até que resolveu colocar o jovem atacante Erick do Goias, incendiou a partida e não demorou muito para criar a jogado do gol brasileiro. Aos 29′ minutos, Erik recebeu de Dodô e driblou o goleiro, que ao tentar impedi-lo cometeu o pênalti. Clayton, atacante do Figueirense, ficou com a responsabilidade da cobrança e desperdiçou, mas, no rebote, ele completou para o fundo das redes e deixando a vaga encaminhada para o Brasil.

Aos 35′ minutos da etapa final, Dodô, meia do Atletico-MG perdeu a cabeça e deu uma entrada violenta em Mathias Suárez, que lhe rendeu a expulsão. Faltando dez minutos, para o fim da partida o Uruguai mostrou que o lance seria fundamental, para mudar a historia do jogo.Depois de cobrança de escanteio, faltando 5 minutos para o final do jogo, Schettino cabeceou para o gol e deixando tudo igual no placar.

O que já parecia inacreditável piorou para os comandados de Micale. Um minuto depois, o Brasil perde a bola na saída da defesa, Santos foi lançado com a zaga toda em linha, invadiu pela direita e tocou rasteiro na saída de Andrey, 2 a 1 Uruguai e uma virada histórica da celeste olímpica na cidade de Hamilton.

Agora, o Brasil vai espera o perdedor de México x Panamá para saber contra quem decidirá a medalha de bronze do Pan de Toronto, no próximo sábado, às 14h05 (de Brasília). E o jejum do ouro, que foi conquistado pela última vez em Indianápolis, 1987, ficará para Lima, daqui a quatro anos. Já o Uruguai luta pela medalha no domingo contra o México, no mesmo horário, também no Estádio de Hamilton.

Foto: Divulgação/CBF



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.