Quase centenário, tradicional Come-Fogo não acontecerá em 2015

Completando 97 anos de história, o clássico entre Comercial e Botafogo de Ribeirão Preto tem data indeterminada para acontecer novamente

Entre tantas atrações, a cidade de Ribeirão Preto abriga um dos maiores clássicos do interior do país. O Come-Fogo, apelido do duelo entre Comercial e Botafogo, completa em 2015 97 anos.

Até 2013, ano de lançamento do livro Come-Fogo – Tradição e Rivalidade no Interior do Brasil, do jornalista Igor Ramos, acreditava-se que o primeiro jogo entre as equipes fora disputado em 1924. Porém, o jornalista descobriu que 1918, além de ter acontecido o primeiro duelo entre ambas as equipes, ocorreu também a maior goleada registrada entre Comercial e Botafogo: 8 a 0 a favor dos alvinegros.

A primeira partida valia como um jogo de abertura. O Comercial colocou o time reserva, pois jogaria logo depois contra o Rio Claro, no Estádio da Rua Tibiriçá, Centro de Ribeirão Preto. Vale constar que a equipe vencedora já tinha sete anos desde sua fundação, enquanto o Botafogo tinha sido fundado naquele mesmo ano.

O autor do nome Come-Fogo é o cronista Lúcio Mendes, quando deu a alcunha em novembro de 1954, um pouco mais de um mês antes do primeiro duelo profissional entre as equipes.

Entre os 167 jogos do clássico, três merecem grande destaque. Após 21 anos da profissionalização dos clubes, em 1977 a CBD decidiu abrir uma vaga para Ribeirão Preto no Brasileirão daquele ano. A vaga fora decidida em três partidas.

Na primeira, disputada no Santa Cruz, casa do Pantera, o Comercial venceu por 1 a 0. No segundo jogo, uma vitória em casa garantiria a vaga comercialina. Mas o sonho foi adiado com o empate por 1 a 1. Na partida final, novamente em Santa Cruz, o Botafogo deixou mais uma vez de vencer, empatando novamente em 1 a 1.
O Comercial herdara a vaga dentro de campo, e em seguida a CBD abriu outra vaga, convidando o Botafogo.

Entre 1986 e 2011, o confronto não aconteceu na primeira divisão, o que voltou a acorrer em 2012, com vitória dos visitantes: Botafogo 1 x 2 Comercial.

Das 167 partidas disputadas, o Botafogo leva vantagem: são 61 vitórias contra 49 do Comercial e 57 empates. O tricolor marcou 212 gols e sofreu 208.
Geraldão, do Botafogo, é o artilheiro do derby com oito gols, e o maior público é de 1977, na vitória botafoguense por 1 a 0 no estádio Santa Cruz, com presença de 36.369 pessoas.

 

A última partida foi disputada em 2014, pela Copa Paulista. Vitória comercialina por 3 a 0 no Palma Travassos. A próxima partida vai demorar pelo menos dois anos, já que o Botafogo disputa a série A1 do Paulista, enquanto o Comercial caiu recentemente para a A3.

Curiosidades

– Comercial e Botafogo se enfrentaram duas vezes pelo Campeonato Brasileiro. Ambas em 1978, sendo um empate de 1 a 1 e uma vitória do Botafogo por 1 a 0;

– Em 1965, Botafogo e Comercial se enfrentaram em Goiânia, único jogo das equipes fora de Ribeirão Preto;

– Na era profissional (a partir de 1954), 140 jogos foram disputados;

– Juntos, Botafogo e Comercial cederam sete jogadores à Seleção Brasileira: o meia Marco Antônio, os atacantes Muller e Amaury e o zagueiro Píter pelo lado do Comercial; os meias Zé Mário e Raí e o goleiro Andrey.



Meu nome é Gabriel, sou natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Sou apaixonado por futebol, o que acabou me levando para o curso de Jornalismo, onde estou cursando o sexto semestre.