Opinião: Por que dizer não ao futebol moderno

No início dos anos 2000, a Fifa adotou um novo módulo para os estádios e um desses módulos está fazendo o futebol ‘acabar’. Esta resolução da entidade que comanda o esporte pode acabar com o futebol como o conhecemos.

O maior problema é que foi isso que fez o futebol ser o que é.

No início dos anos 2000, a FIFA determinou que o estádio deveria ter cadeiras e os torcedores deveriam assistir aos jogos sentados. Toda resolução para LIGAS não é obrigatório, mas a federação recomendou que todas as ligas adotassem as regras.

Depois da Copa de 1998 foi proibido vender mais ingressos do que o número de cadeiras, porque antigamente mesmo no Mundial isso acontecia. Depois de muita discussão, a Fifa colocou um decreto para que a regra fosse válida.

Depois disso, o futebol inglês foi um dos primeiros a adotar a regras, mesmo antes muitos estádios já tinham cadeiras, mas não era obrigatório, um dos primeiros campeonatos e levar isso a sério foi a Copa do Mundo FIFA de 2002.

O tempo foi passando e o futebol foi se ‘modernizando’, mas na minha opinião isso vai matar o futebol.

Claro que eu não digo lotar o estádio além da capacidade dele, mas sim a proibição de sinalizadores, bandeirões, “zoar” o adversário.

Claro que eu sou contra a permissão dos sinalizadores de navio, mas sou a favor dos sinalizadores que só acendem, sou a favor dos bandeirões e de brincar com o rival.

Hoje em dia não se pode mais humilhar no drible o adversário, não pode dar chapéu pra trás, o futebol ficou chato, até parece que nunca ficamos com os olhos brilhando vendo o Ronaldinho ou Ronaldo humilhar os adversários no drible.

Hoje, no Brasil, não se pode mais fazer nada, não pode chamar os são-paulinos de ‘bicha’ porque é homofóbico, não pode chamar o corintiano  de ‘ladrão’ porque é “ladrofóbico”. O futebol está chato, não pode fazer nada, não pode gritar, xingar, espernear, levar bandeiras, sinalizadores, empurrar o time pra frente.

O único país que ainda resiste ao futebol moderno é a Argentina. Assistam ao vídeo da entrada do time do Boca Juniors contra o River Plate, válido pela Libertadores.

Claro que soltar gás de pimenta nos adversários não é legal, mas a entrada deles foi muito legal, quando o jogador adversário entra em um estádio e acontece isso, o cara treme na hora e com os torcedores vaiando o adversário, xingando fica muito melhor.

WIFI

Pra que um estádio tem WIFI, você não larga o celular nem para assistir o seu time de coração jogar? Os estádios não precisam de WIFI.

Essa onda já começou na Europa, será que vai acontecer aqui também? Espero que sim.

INGRESSO

Hoje em dia, o ingresso é um absurdo, você deixa seu salario no estádio, mas isso faz parte da elitização do futebol, pelas pessoas de baixa renda serem mais fanáticas e torcerem mais, eles não querem que eles frequentem os estádios. Só querem o ricos ou classe média que não sabe torcer.

As pessoas não percebem que o que fez o futebol ser o que é eram os dribladores, as torcidas, os preços baratos e principalmente o amor pelo time.

Na Inglaterra isso já acontece ninguém torce de verdade. É como um teatro, você vai assistir e pronto, não importa se seu time ganhou ou perdeu.

Espero que a ‘elitização’ do futebol pare por aqui.

DIGA NÃO AO FUTEBOL MODERNO!

Crédito da foto:



Oi, meu Nome é Guilherme nasci em Guarulhos-SP, eu gosto de todos os esportes principalmente basquete,volei e o que eu mais gosto futebol!,gosto, não amo o futebol. È um esporte incrivel sem descrição!, o que eu acho mais legal no futebol! é o fato que seu time pode virar o jogo em 2 minutos ou perder nos primeiros 30 segundos de jogo.