Paulo Sérgio cutuca Guerrero: “Tem que agradecer ao Corinthians. No Bayern, era só mais um”

Foto: Reprodução/Fox Sports

Campeão brasileiro de 1990 pelo Corinthians, o ex- atacante Paulo Sérgio cutucou o centroavante Guerrero, que no último mês se desligou do Timão e acertou a transferência ao Flamengo, gerando revolta em muitos torcedores corintianos que o taxaram de mercenário.

LEIA MAIS:
Galvão Bueno critica ausência de Del Nero em reunião da Fifa: “estou indignado e entristecido”
Ídolo de rival corneta Ganso: “Acha que é muito mais do que realmente é”

“Conheço muito bem o Guerrero. Ele não se deu muito bem no Bayern de Munique. Era só mais um. Ele cresceu muito. A qualidade técnica dele cresceu muito no Corinthians. Tem que levantar a mão para o céu e agradecer ao Corinthians, que vendeu ele bem”, disse durante o programa “Fox Sports Radio Night”, na última segunda-feira.

Paulo Sérgio ainda foi questionado pelo apresentador Benjamin Back sobre quem jogou mais bola: Viola ou Guerrero. O ex-jogador não teve dúvidas.

“O Viola tem uma qualidade técnica muito superior ao Guerrero”, opinou.

Paulo Sérgio teve passagem marcante pelo futebol alemão. Entre 1993 e 1997, defendeu as cores do Bayer Leverkusen. De 99 a 2002, atuou pelo Bayern de Munique, onde conquistou o Campeonato Alemão (2001-2002), a Copa Intercontinental (2001) e a Liga dos Campeões da Europa (2000-2001).

Foto: Reprodução/Fox Sports

 

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)