Para garantir vaga olímpica, Brasil encara EUA no Hóquei sobre Grama no Pan

Sem qualquer tipo de clichê, o Hóquei sobre Grama brasileiro joga nesta terça-feira (21) a partida mais importante de sua história. Terceira colocada em seu grupo na primeira fase do torneio masculino dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, a Seleção do Brasil enfrenta os Estados Unidos nas quartas de final da competição, precisando da vitória para se garantir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, além de seguir viva na disputa de uma medalha.

LEIA MAIS:
Hóquei sobre Grama: Brasil bate México e conquista primeira vitória em Pan-Americanos na história

A exigência feita pela Federação Internacional de Hóquei para que o Brasil possa disputar as Olimpíadas do ano que vem é o time ficar, pelo menos, com a sexta colocação no Pan. Com a quinta melhor campanha da primeira fase, a Seleção terá duas chances de se garantir no Rio: passar pelos americanos ou vencer o confronto no torneio para definição do quinto a oitavo lugares, na quinta-feira (23), contra o perdedor de Canadá ou Trinidad & Tobago.

Um passo importante foi dado na segunda rodada, quando a Seleção bateu o México por 1 a 0, conquistando sua primeira vitória na história da competição. O resultado garantiu que os brasileiros não enfrentassem a Argentina, equipe favorita a medalha de ouro, no confronto de quartas de final. Além da vitória contra os mexicanos, o Brasil foi derrotado por Canadá (9 a 1) e Chile (3 a 1) na primeira fase.

“Seria muito legal para o esporte se conseguíssemos nos classificar para o Rio de Janeiro. É aquele negócio. Está perto, mas está longe. Está aqui do lado, mas não está também. Seria uma decepção não conseguir a vaga. Sabemos que existe a possibilidade, mas não pensamos nessa hipótese. Treinamos bastante para melhorar. Agora é ir para a semifinal”, disse Cláudio Rocha, treinador da Seleção Brasileira, ao “Globo Esporte”.

O confronto entre Brasil e Estados Unidos acontece nesta terça-feira, a partir das 18h, pelo horário de Brasília.

Foto: reprodução/Twitter



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.