Pan: Fabiana Murer iguala melhor salto do ano, mas fica com a prata no salto com vara

Uma das principais esperanças de medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Fabiana Murer conquistou a prata no salto com vara. A brasileira conseguiu em seu melhor salto nesta quinta-feira (23) superar 4,80m, resultado pior apenas em relação ao da cubana Yarisley Silva, que saltou 4,85m, quebrando o recorde pan-americano. A medalha de bronze ficou com a americana Jeniffer Suhr.

LEIA MAIS:
Brasil, pela sétima vez, está na final do handebol masculino no Pan

Desde o início da decisão a disputa ficou polarizada entre Fabiana e Yarisley, que bateu a brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011. As duas conseguiram executar seus primeiros saltos sem qualquer dificuldade. A disputa entre as duas esquentou a partir dos 4,70m, quando a atleta americana deixou a prova.

A final ficou mais tensa a partir dos 4,75m. Fabiana errou por duas vezes saltar esta altura e viu Yarisley ter êxito em sua segunda tentativa. A campeã mundial solicitou aumentar a altura do sarrafo para 4,80m, conseguindo saltar – e repetir seu melhor desempenho no ano – logo em sua primeira tentativa, feito igualado pela cubana na sequência.

Murer sucumbiu a atleta do país caribenho quando o sarrafo ficou a 4,85m. Yarisley conseguiu saltar em sua segunda tentativa, enquanto a brasileira falhou em suas três chances, perdendo o ouro. A cubana, que assumiu a liderança do ranking mundial com a vitória em Toronto, ainda tentou saltar 4,91m, mas sem sucesso.

“Foi uma prova muito forte. Eu tinha dito que precisava saltar 4,85m para ganhar, e foi o que aconteceu. Ela passou. Quando eu estava saltando o 4,75 errei e sabia que teria que subir para tentar o ouro. Consegui o 4,80m, mas acabou não sendo suficiente”, disse Fabiana, em entrevista ao canal de TV por assinatura Sportv.

Foto: reprodução/Twitter



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.