Ouro no Pan de 2003 colocou seleção feminina no caminho das glórias

Muita gente se lembra da medalha de prata olímpica conquistada pela seleção brasileira feminina de futebol nos Jogos de Atenas-2004, mas a história de sucesso do time comandado pelo técnico René Simões começou um ano antes, no Pan de Santo Domingo, na República Dominicana, quando ainda tinha Paulo Gonçalves como treinador.

LEIA MAIS
Brasil tem seis jogadoras na seleção das melhores do futebol no Pan

A seleção entrou em campo para disputar o ouro contra o Canadá com um peso nas costas que não cabia às jogadoras brasileiras. É que o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) havia traçado uma meta de 26 medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003, já que o resultado em Winnipeg-1999 havia sido de 25 douradas.

Coube à seleção feminina de futebol a decisão do 26º ouro. O time masculino também chegou à final, mas contra a Argentina. O resultado foi uma derrota por 1 a 0. O elenco tinha nomes como Dagoberto, Cleiton Xavier, entre tantos outros. Tomou apenas um gol na primeira fase e passou pela semi com um 5 a 0 no México. Mas amargou a prata.

Já as meninas do Brasil tiveram um jogo bastante tenso e sofrido contra o Canadá. A partida, inclusive, foi jogada um dia depois da data original, pois o jogo foi interrompido aos 25 minutos do primeiro tempo por causa uma forte chuva que atingiu a cidade de Santo Domingo.

A desorganização daquele Pan era tão evidente que o duelo foi remarcado para o dia seguinte em um outro local, mas houve uma nova mudança sem aviso prévio às delegações, que chegaram ao novo estádio e não encontraram nada além de portões fechados. O resultado: a final voltou ao Estádio Olímpico e, segundo a Folha de S.Paulo, foi assistida por apenas 73 pessoas.

Dentro de campo, quando finalmente puderam jogar, as meninas do Brasil ficaram no 1 a 1 no tempo normal. Naquela época, ainda existia a figura do gol de ouro, a famosa morte súbita. E foi graças a essa regra que brilhou a estrela da jovem Cristiane.

O gol de Cris deu o primeiro dos três ouros que o futebol feminino brasileiro conquistou em Jogos Pan-Americanos. Aquela era a primeira participação do Brasil na modalidade, que estreou em Winnipeg-1999 mas não contou com times da América do Sul, devido a uma briga entre a Conmebol e a Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana).



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.