Célia Sásic é homenageada por blog “Mulheres do Futebol”

No último dia 16 de julho a jogadora alemã Célia Sásic, artilheira da  Copa do Mundo Feminina, anunciou sua aposentadoria. Ela tem apenas 27 anos e vai deixar saudades para boa parte daqueles que gostam do futebol feminino. Devido à este fato tão especial, o blog “Mulheres do Futebol” resolveu fazer uma pequena homenagem em dois textos a esta grande artilheira que abandonou o futebol de maneira tão precoce.

CLUBES: Nascida na cidade alemã Bonn, em 27 de junho de 1988 como Célia Okoyino da Mbabi (mudaria de nome após casar com o jogador croata Marko Sásic), tendo uma mãe francesa e um pai camaronês, começou sua carreira futebolística em 1993 aos 5 anos, como jogadora infantil do TuS Germania Hersel e passaria por clubes como SC Widdig, TuS Pützchen 05 e FC St. Augustin até chegar ao SC 07 Bad Neuenahr onde se tornaria jogadora profissional em 2004, com apenas 16 anos.

Sásic ficaria até o ano de 2013 no clube que a revelou e mostraria seu valor como centroavante ao marcar 97 gols em 136 partidas disputadas pela Bundesliga (campeonato alemão). Apesar do bom desempenho individual, sua trajetória no clube alemão não foi tão feliz assim, pois além de sofrer uma fratura na tíbia, em jogo contra o Bayern de Munique em março de 2007 e ficar fora do restante da temporada, Sásic não ganhou nenhum título com o SC 07 Bad Neuenahr.

Na temporada 2013/2014, Sásic se transferiu para o FFC Frankfurt onde marcou 42 gols em 40 jogos pela Bundesliga e finalmente ganharia seu primeiro título profissional em clubes, mas ainda teria que esperar mais uma temporada para que isso acontecesse, já que o clube de Frankfurt só ganharia a doméstica Copa da Alemanha na temporada 2014/2015.

Nesta mesma temporada, Célia Sásic, que já havia sido artilheira da Bundesliga com 21 gols, mostrou todo o seu futebol para o mundo ao marcar 14 gols na Liga do Campeões Feminina (um deles justamente na final) e levar o FFC Frankfurt ao tetracampeonato do maior torneio de clubes da Europa, sendo também artilheira desta competição, elevando sua carreira para um outro patamar.

Ao final de seu contrato, em 2015, Célia Sásic não quis renovar e devido a sua vontade de formar uma família e terminar seus estudos, anunciou sua precoce aposentadoria no dia 16 de julho, com apenas 27 anos.

Veja o vídeo de Célia Sásic marcando um dos gols da final da UEFA Champions League de 2015:

 Célia Sásic jogou na Alemanha de 2005 a 2015 e ganhou duas Eurocopas com sua seleção. Naquela que poderia ser a sua grande temporada, ela errou um pênalti e acabou contribuindo para a eliminação da Alemanha frente aos EUA na semifinal do Mundial do Canadá em 2015. Apesar disso, Sásic contribuiu muito para que a seleção germânica se tornasse ainda mais forte do que já é. Esse texto fala sobre seus mais de 10 anos jogando pela seleção alemã.

SELEÇÃO ALEMÃ: Célia Sásic tinha a cidadania francesa de sua mãe, optando pela cidadania germânica em 2004 após a Associação Alemã de Futebol se aproximar dela e lhe convidar para jogar na seleção nacional. Neste mesmo ano, Sásic defendeu a Alemanha no Mundial sub-19 e marcou três gols na fase de grupos e ajudou sua equipe a conquistar o torneio.

Em janeiro de 2005, fez sua estreia com a seleção principal da Alemanha em amistoso contra Austrália e marcou seu primeiro gol em setembro de 2006, em um amistoso contra o Canadá. Em março de 2007, Sásic fraturou a tíbia e não conseguiu se recuperar da lesão a tempo de disputar a Copa do Mundo de 2007, sediada na China, ficando fora do torneio.

No ano seguinte, nos Jogos Olímpicos de Pequim, Sásic fazia parte do elenco que ganhou a medalha de bronze da competição e que ganhou a Euro-2009. Mesmo na reserva, Sásic marcou um gol na Eurocopa e foi logo em uma semifinal contra a Noruega.

No ano de 2011, Sásic foi convocada para o Mundial daquele ano, sediado em seu país e apesar da Alemanha ter sido eliminada pela surpreendente seleção japonesa nas quartas de final, Sásic teve boa participação ao marcar dois gols em quatro partidas. No ano de 2013, Célia Sásic ganhou mais uma Eurocopa com sua seleção e teve boa participação ao marcar dois gols na competição européia.

Seu grande momento na seleção alemã viria dois anos depois, no Mundial sediado no Canadá, pois apesar da dificuldade de jogar em  gramados sintéticos, Célia Sásic foi artilheira da Copa do Mundo com 6 gols.

Ironicamente, foi nesta mesma competição que Sásic viveu seu pior momento com as alemãs ao errar um pênalti no segundo tempo da semifinal contra os EUA quando o jogo ainda estava em 0x0. Esse erro custou a classificação da Alemanha para a final do torneio, que acabaria perdendo o jogo para as americanas por 2×0 com gols de Lloyd (também artilheira da copa empatada com Sásic) e O’Hara.

Depois disso, as alemãs também seriam derrotadas na disputa pelo terceiro lugar do Mundial, desta vez para a Inglaterra, pelo placar de 1×0 (gol de pênalti de Farah Williams). Essa foi a última partida de Célia Sásic como jogadora profissional, que após uma trajetória de 111 jogos e 63 gols marcados pela seleção da Alemanha decidiu encerrar a sua carreira.

 Veja Célia Sásic enfrentando a Rússia em válida pelas eliminatórias da Copa de 2015:

Crédito da foto: Reprodução