Na prorrogação, Brasil bate Argentina e fatura título do Pan no Handebol Masculino

Teve que ser na marra. O Brasil bateu a Argentina por 29 a 27 na prorrogação para ficar com a medalha de ouro no Handebol Masculino nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em partida disputada na noite deste sábado (25). Em um jogo muito equilibrado durante os 60 minutos do tempo normal e também nos dez do tempo extra, brilhou a estrela do goleiro Maik, um dos veteranos da Seleção Brasileira, para o time garantir o título, que fora perdido quatro anos antes, em Guadalajara.

LEIA MAIS:
Brasil deslancha no segundo tempo, bate a Argentina e fatura o ouro no Handebol feminino

Os brasileiros começaram bem a partida, abrindo 4 a 1. Mas o que se viu na sequência foram os argentinos equilibrando o confronto, com as duas equipes se alternando na liderança do placar. O primeiro tempo terminou com a equipe portenha vencendo por 11 a 9, graças a uma atuação irretocável do goleiro Schulz, que defendeu 53% dos arremessos do Brasil.

O time comandado por Jordi Ribera tornou a equilibrar as ações no início do segundo tempo e o Brasil empatou o confronto em 13 gols. Os brasileiros só tomaram a frente do marcador aos 15 minutos, quando Thiagus Petrus anotou o 18º gol da partida. Nos minutos finais do jogo, a Argentina igualou o placar, mas o time verde e amarelo teve a chance de definir o confronto. Porém, Diogo Hubner desperdiçou um sete metros quando restavam seis segundos pro fim.

Na prorrogação, brilhou a estrela de Maik, que defendeu jogadas perigosas dos “hermanos” e ainda distribuiu lançamentos para o ataque converter em gols. Mesmo com a exclusão de Thiagus Petrus no final da partida, o Brasil manteve a liderança e pôde comemorar o título com um gol de Zeba nos minutos finais.

Foto: Cinara Piccolo/Photo&grafia



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.