Morte de Bianchi é a primeira em 21 anos na F1; relembre acidentes fatais

Reprodução/twitter

O francês Jules Bianchi, que morreu na última sexta-feira (17) aos 25 anos de idade, foi o primeiro piloto vítima de acidente fatal em uma corrida da Fórmula 1 desde a morte do brasileiro Ayrton Senna, em 1º de maio de 1994.

Foram 21 anos sem tragédias como essa, embora a F1 não tenha escapado de ver fiscais de prova mortos ao serem atingidos em acidentes entre os carros na beira da pista. Houve ainda a morte de María de Villota, piloto espanhola de testes da mesma Marussia pela qual Bianchi corria quando sofreu o acidente que o deixou nove meses em coma antes da confirmação de seu falecimento.

Ela perdeu um olho ao se chocar com um caminhão durante um teste da equipe. Morreu mais de um ano depois, ainda por complicações do acidente.

Antes desse período de mais de duas décadas sem mortes de pilotos em GPs, a Fórmula 1 viveu diversos momentos de horror. Alguns deles são contados nas matérias a seguir. Relembre os grandes nomes da categoria que acabaram pagando com a vida pelo sonho de correr em altíssima velocidade:

Imola 1994, o final de semana que mitificou Ayrton Senna
O “esquecido”: morte de Ratzenberger completa 21 anos
Alberto Ascari deixou a Itália órfã de um grande campeão na F1
Jochen Rindt morreu em Monza e ainda foi campeão mundial póstumo
Ronnie Peterson morreu devido a falha de um diretor de prova
Obsessão por superar companheiro no treino matou Villeneuve em 1982
Na prece de Emerson, o luto pela morte do talentoso François Cevert
Grade que degolou Cevert também tirou a vida do jovem Helmut Koinigg
Do ‘título’ a morte: A tragédia de Wolfgang von Trips em Monza na F1
Ex-companheiro de Senna, Elio de Angelis morreu em testes na França
Tom Pryce atropelou e matou fiscal, foi atingido por extintor na cabeça e também morreu
Acidente trágico na largada matou Paletti em dia de vitória de Piquet no Canadá
Lorenzo Bandini e a primeira mudança nos rumos da F1
Indianápolis é o circuito que teve mais mortes de pilotos na Fórmula 1
Bicampeão Jim Clark morreu durante corrida da F2 na Alemanha



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.