Medina encontra melhores ondas e vence bateria de 15 títulos mundiais

Em um mar que não empolgou, o atual campeão do mundo de surf, Gabriel Medina, venceu Kelly Slater e Mick Fanning, na quarta rodada da 7a etapa do ano, realizada em J-Bay. O confronto, apelidado de #superheat – super bateria, em português- pela Liga Mundial de Surf, criou expectativa no público pela habilidade dos surfistas, além dos 15 títulos que foram conquistados por eles: 11 por Kelly Slater, 3 por Mick Fanning e 1 de Medina.

LEIA MAIS:
“Banana” atrapalha entrevista de Medina após vitória em J-Bay
Medina volta a vencer e convencer após Charles usar método antigo; Entenda
Surfistas aproveitam “férias” forçadas na África do Sul e mergulham com tubarões

No confronto, Gabriel, com um 6.73 e um 6.17, terminou em primeiro, avançando direto às quartas de final da competição, após somar 12.90. Em segundo, ficou Kelly Slater com uma onda que lhe valeu um 6.50 e um 5.77, totalizando 12.27. Em último, ficou o tricampeão Mick Fanning, que apesar de surfar mais ondas que seus adversários, não encontrou as melhores e somou apenas 9.94, com um 5.17 e um 4.77.

Medina agora espera a repescagem acontecer, uma vez que a rodada disputada pelo primeiro brasileiro campeão do mundo era “no looser”, ou seja, ninguém saía perdedor. Após os confrontos, Gabriel cai na água pelas quartas de finais, igualando assim sua melhor participação que foi na segunda etapa. Com o feito, Medina agora espera avançar ainda mais no evento para se recuperar no ranking e não correr riscos de ser rebaixado.

Kelly Slater, na quinta rodada, enfrentará Michel Bourez, que volta de lesão após estar ausente em duas etapas seguidas do circuito mundial. Já Mick Fanning encontrará a jovem promessa do Havaí, Keanu Asing, que eliminou Medina no Oi Rio Pro, 4a etapa, realizada no Brasil. Ainda nessa rodada, Wigolly Dantas disputará sua permanência no campeonato contra Julian Wilson, da Austrália. Alejo Muniz e Adriano de Souza venceram a quarta rodada e já estão nas quartas, assim como Medina. A competição voltará a ser disputada na madrugada de sábado no Brasil, com a primeira chamada marcada para às 2h30.

Crédito da foto: Divulgação/WSL
* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @aleextavares



Jornalista em formação no Mackenzie, estagiário do Torcedores.com e fotógrafo. Fanático por basquete, tênis, surf, futebol e futebol americano.