Diretor do Flu crítica arbitragem após derrota e diz: “Mais uma vergonha”

Foto: bruno haddad/Divulgação/FFC

Após o revés para a Chapecoense, o diretor de futebol do Fluminense, Fernando Simone concedeu entrevista para o “Globo Esporte.com” e fez duras críticas ao árbitro Raphael Claus. O dirigente tricolor admite enviar um ofício à CBF, para evitar que o juiz apite jogos da equipe carioca na Série A.

LEIA MAIS:
River Plate vence o Colón e se iguala ao Boca na liderança do Argentino

“Mais uma vergonha. Assim como aconteceu lá contra o Palmeiras, tivemos mais uma arbitragem desastrosa contra o Fluminense. Demonstra total incapacidade desse árbitro de apitar uma partida da Série A. Ele não sabia o que marcou. Alguém de fora interferiu no resultado. Não existe a possibilidade ainda no futebol de isso acontecer. Estou revoltado assim como os torcedores. Recebi várias mensagens. Vamos fazer o que está nas nossas mãos, fazer ofício à CBF, pedir que esse árbitro não apite mais jogos do Fluminense. Mas são coisas que infelizmente são inócuas, não têm muita aplicabilidade”, diz Fernando Simone.

A crítica da equipe das Laranjeiras ao árbitro foi ao invalidar um gol de Marcos Junior ainda na primeira etapa, quando a partida estava empatada em 1 a 1. A demora do juiz Raphael Claus em explicar o que aconteceu ao anular o gol do atacante, deixou a diretoria do Fluminense bastante irritada.

Foto:Bruno Haddad/Divulgação/Site Oficial do Fluminense



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com