Guarani x Ponte Preta: o dérbi campineiro de mais de 100 anos de história

Reprodução YouTube

Existe vida fora do futebol da capital paulista. Conheça o derby campineiro que empolga torcedores e move a maior rivalidade do interior de São Paulo.

Não é só na terra da garoa que existe o chamado dérbi ou derby, como preferir. O clássico que move torcida e impulsiona a rivalidade no interior de São Paulo, tem como protagonistas a Ponte Preta e o Guarani. Marcado especialmente pelo equilíbrio, Ponte Preta e Guarani já fizeram partidas memoráveis ao longo de seus mais de 103 anos de história.

O confronto nascido em 24 de março de 1912 é o clássico mais antigo do futebol do estado e já aconteceu 190 vezes. Com uma vantagem de três vitórias, o Guarani já o venceu 66 vezes e também foi o clube que marcou mais gols no embate. Foram 259 bolas na rede a favor do Guarani Futebol Clube contra 253 da Associação Atlética Ponte Preta.

No entanto, o equilíbrio – e a vantagem mínima do Guarani – chega ao fim no quesito torcida. Pesquisa revelada pela Pluri Consultoria divulgada em 2014, revelou que a Ponte tem a maior torcida da cidade de Campinas. Números que apontam para 190 mil alvinegros contra 168 mil do rival.

A rivalidade centenária não perdeu a força com o tempo ou má fase ora de um clube ora de outro. Foi em 2015 que a Ponte Preta declarou que um novo dérbi estava nascendo. A Macaca publicou nota em seu site oficial chamando a torcida para um “novo dérbi”, contra a novata equipe do Red Bull. O presidente do Guarani, Horney Senna, no entanto, não gostou de ser preterido e respondeu em entrevista ao Lance!:

“O Guarani tem tradição, tem camisa, tem títulos, já disputou três Libertadores da América. Agora, são dois times da cidade (Campinas), se preferem chamar de dérbi… Sem menosprezar o Red Bull, eu chamo de o clássico das virgens, já que nenhum dos dois possuem títulos”.

Na capital paulista, Palmeiras e São Paulo estão lado a lado com seus Centros de Treinamento. Em Campinas, Ponte Preta e Guarani vão muito mais além. Seus estádios, Moisés Lucarelli e Brinco de Ouro, estão separados por “mínimos” 650 metros.

Atualmente os clubes de Campinas vivem momentos distintos. Enquanto a Ponte Preta se encontra em ótima fase, incomodando até os grandes do futebol brasileiro, o Guarani disputa a Série C em meio a uma grave crise financeira. O último clássico disputado entre os dois foi no Campeonato Paulista de 2013, e a Ponte saiu vencedora: 3 a 1 no Brinco de Ouro.

CRÉDITO DA IMAGEM: Reprodução YouTube



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).