Ciclismo brasileiro volta ao pódio no Pan após jejum de 20 anos

A edição de 2015 dos jogos Pan-Americanos trouxe de volta ao pódio o ciclismo brasileiro. Após 20 anos sem ganhar medalhas, os atletas Kacio Fonseca, Flávio Cipriano e Hugo Osteti faturaram a medalha de bronze na prova de velocidade por equipes, na quinta-feira, 16.

Nesta sexta-feira, 17, o ciclista Gideoni Monteiro foi responsável por trazer a medalha de bronze para a equipe brasileira na prova do Omnium.

Monteiro terminou a prova empatado com o argentino Mauro Richeze mas levou a melhor nos critério de desempate. A prova, que entrou para os jogos Pan-Americanos em substituição à três outras provas, premia o atleta que soma mais pontos em seis etapas: contrarrelógio, eliminação, perseguição, stracht, volta lançada e corrida por pontos.

O ciclista brasileiro ficou em 15º lugar na disputa da modalidade no Mundial de Ciclismo da França, no começo de 2015.

Neste sábado, 17, Flavio Cipriano volta às provas na categoria individual de velocidade disputando a semifinal. Se avançar, briga pelo ouro. No domingo, Cipriano ainda participa das provas de Keirin.

 



Jornalista formada na Escola Superior de Propaganda e Marketing que sempre gostou de falar muito. Adora observar a paixão que as pessoas desenvolvem pelos esportes durante os grandes eventos. Já praticou de tudo um pouco mas se apaixonou mesmo pela dança. Hoje, quer escrever sobre o assunto para matar um pouquinho das saudades.