Brasil vence mais uma também no vôlei feminino do Pan em Toronto

O Brasil teve um sábado vitorioso no vôlei feminino. No mesmo dia em que uma parte da seleção brasileira venceu a Itália por 3 sets a 0 e terminou invicta a primeira fase do Grand Prix, o outro time montado pelo técnico José Roberto Guimarães conseguiu o segundo triunfo nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.

LEIA MAIS
Brasil atropela a Itália e termina invicto a primeira fase do Grand Prix de Vôlei

Apesar do susto ao perder um set, as meninas do Brasil venceram o Peru por 3 a 1, com parciais de 25/27, 25/5, 25/17 e 25/16. Um jogo de contrastes, já que a surpreendente derrota na primeira parcial por 27 a 25 foi sucedida por uma vitória impressionante por 20 pontos de vantagem no set seguinte.

A ponteira Fernanda Garay falou sobre essa diferença tão grande em tão pouco tempo de jogo. “Voleibol tem dessas coisas. Ainda bem que foi para o nosso lado. Só que, mesmo assim, pudemos ver que elas se recuperaram e voltaram para cima do Brasil no set seguinte. Sabemos que as equipes buscam fazer o melhor contra a nossa seleção e nós temos que colocar nosso ritmo para, assim, buscar as vitórias”, disse a jogadora.

Para Jaqueline, após dois sustos na primeira fase do Pan, o Brasil precisa entrar mais ligado nos jogos. “Estamos começando mal o jogo. Os dois primeiros foram assim e isso não pode acontecer. Estamos pecando muito em acerto de bola, movimentação dentro de quadra, mas aos poucos, vamos melhorando. A equipe está se ajudando muito e, ao longo do campeonato, vamos buscar forças para melhorar”, afirmou a ponteira.

A seleção brasileira volta à quadra na próxima segunda-feira (20), às 22h (horário de Brasília) para enfrentar o time dos EUA. A partida será transmitida ao vivo pela Rede Record, em TV aberta, e pelo SporTV, na TV por assinatura.

Foto: Divulgação/CBV



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.