Após capotar, Pérez diz que dia foi “positivo até o acidente”

Após o susto com o capotamento sofrido no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, realizado na manhã desta sexta-feira (24) no circuito de Hungaroring, Sergio Pérez diz acreditar que a Force India será capaz de lhe dar um carro em condições de conquistar um bom resultado. Após o acidente, a equipe indiana optou por não colocar seus carros na pista.

LEIA MAIS:
Especial: saiba tudo do GP da Hungria de Fórmula 1

Oitavo colocado no primeiro treino livre, com 1min26s775, Pérez admitiu que sua participação na sexta-feira foi satisfatória até o capotamento. Ainda assim, o mexicano acredita que a Force India terá capacidade para recuperar o tempo perdido pelo acidente e pela não participação no segundo treino livre, para conseguir um bom desempenho na tomada de tempos, que será disputada neste sábado.

“Foi uma sessão muito positiva até o acidente. Conseguimos uma boa leitura e fizemos algumas mudanças para melhorar o acerto do carro e nos levar a direção correta. Infelizmente nós tivemos uma falha na suspensão dianteira que encerrou nosso dia mais cedo. Isso nos custou muito tempo de pista, mas felizmente nós podemos recuperar amanhã e minimizar o impacto que teremos em nosso resultado final neste final de semana”, comentou Checo.

Pérez e os outros pilotos da Fórmula 1 retornarão ao circuito de Hungaroring neste sábado para a realização do último treino livre e o qualifying que definirá as posições de largada para o Grande Prêmio da Hungria, marcado para o próximo domingo, a partir das 9h, pelo horário de Brasília.

Foto divulgação/Force India



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.