Guia da Copa do Mundo Feminina 2015: o grupo C das campeãs

Homare Sawa/ FIFA.com

A Copa do Mundo Feminina 2015 começa neste sábado, 6 de Junho, no Canadá. Ao longo dos quase 30 dias de competição, 24 seleções irão em busca do título mundial, e você confere aqui no Torcedores.com uma análise dos grupos que disputarão o torneio. Agora é a vez do grupo C, encabeçado pelas campeãs mundiais do Japão. Três seleções estreantes também são destaque. Confira.

LEIA MAIS:

GRUPO C: JAPÃO, SUÍÇA, CAMARÕES E EQUADOR

JAPÃO

Japão/ FIFA.com
Japão/ FIFA.com

Comandadas pelo treinador Sasaki Norio, as japonesas participaram de todas as edições do Mundial Feminino. As atuais campeãs surpreenderam o mundo em 2011 ao eliminar as anfitriãs da Alemanha, e bater o favoritismo dos Estados Unidos em uma final emocionante.

De lá para cá, pouco mudou na “Nadeshiko”, como é conhecida a Seleçao. Com praticamente a mesma equipe de 2011, as japonesas terão de saber equilibrar sua experiência com a queda de técnica de algumas jogadoras, que estão em fim de carreira, a exemplo de Homare Sawa.

A estreia no grupo C contra uma jovem equipe suíça promete ser bastante complicada, mas a expectativa é de que a boa defesa japonesa consiga aguentar os ataques europeus, assim como fez em 2011, e nas Olimpíadas de 2012, quando ganharam a medalha de prata.

A base da seleção vem da sua própria liga, a L1 League. Dois clubes formam ela: INAC Kobe Leonessa e o NTV Beleza. Além de Homare Sawa, a ótima goleira Fukamoto e a meia Miyama são atletas de destaque na Nadeshiko.

Participações na Copa: Sete (Campeão em 2011)

Principal jogadora: Homare Sawa

SUÍÇA

Suiça/ FIFA.com
Suiça/ FIFA.com

Em sua primeira aparição em copas, a Suíça pode ser uma das surpresas da competição, visto que das outras três seleçõs de seu grupo, apenas o Japão disputou o maior torneio do mundo. Contando com um bom time, com atletas que jogam em sua maioria na Alemanha, as europeias venceram o grupo 3 da qualificação para conseguir uma inédita vaga.

Com bastante velocidade de suas jogadoras, a equipe treinada pela alemã Martina Voss-Tecklenburg tem tudo para se afirmar como umas das forças europeia no futebol feminino. Jogando pelo FC Zurich, da própria Suíça, Fabiana Humm foi a vice-artilheira da Champions League Feminina com 6 gols. Dickenmann, outra boa jogadora do selecionado suíço, marcou 10 gols na Féminin Division 1, pelo Lyon da França.

Participações na Copa: Nenhuma

Principal jogadora: Lara Dickenmann

CAMARÕES

0

As atuais vice-campeãs africanas chegam para a sua primeira Copa do Mundo. Com um elenco jovem, formado em sua maioria por jogadoras que atuam no próprio país (11 atletas), a equipe de Enow Ngachu terá a difícil missão de desbancar uma das favoritas do grupo para conseguir uma surpreendente classificação para as quartas de final.

O grande destaque das camaronesas é a atacante Gaelle Enganamouit, que foi peça chave na campanha de seu país na qualificação africana, quando foram vice-campeãs. Com 23 anos, Enganamouit surpreende em seu clube na Suécia, o Eskilstuna United.

As atletas de Camarões possuem bastante velocidade e vigor físico, característica antiga do futebol africano. Jogando em um 4-3-3, a equipe de Enow irá enfrentar o Equador no dia 8 de Junho, em Vancouver.

Participações na Copa: Nenhuma

Principal jogadora: Gaelle Enganamouit

 

EQUADOR

Equador/ FIFA.com
Equador/ FIFA.com

Conquistando a vaga para a sua primeira Copa na repescagem, o Equador chega como grande azarão do grupo, após uma dramática classificação. Após ter sido terceira colocada nas eliminatórias sul-americanas, as equatorianas decidiram a última vaga contra Trinidad e Tobago. A vaga veio aos 91 minutos do segundo jogo, quando “La Tri” marcou o gol que deu a vitória, após um 0 a 0 na primeira partida.

No elenco equatoriano, comandado por Vanessa Arauz, todas as atletas atuam em solo equatoriano. O retrospecto recente do Equador não é bom, visto que perdeu todos os últimos três amistosos que disputou (2-0 para o México, 4-1 para a Colômbia e 2-1 novamente para a Colômbia.

A esperança das equatorianas é a atacante Monica Quinteros, que joga no 7 de Febrero (EQU).

Participações na Copa: Nenhuma

Principal jogadora: Monica Quinteros

 



Estudante de Jornalismo na UFPE, fã de esportes, apaixonado por futebol mas também rugby e futebol americano.