Veja quais são as principais carências do elenco atual do Flamengo

Gilvan de Souza/Agência Flamengo

O Flamengo ainda não venceu no Campeonato Brasileiro e, por isso, a diretoria fala abertamente sobre a vinda de reforços que possam ajudar a impulsionar de vez a campanha da equipe. Vários nomes são especulados nos bastidores da Gávea e o elenco de Vanderlei Luxemburgo pode resolver as carências que ainda apresenta no meio da temporada.

LEIA MAIS:
Everton defende Luxa e afirma que objetivo do Fla é brigar pela ponta do Brasileirão
Ainda com dores, Marcelo Cirino está fora de jogo contra o Avaí
Vanderlei Luxemburgo é absolvido de denúncia do TJD/RJ

O Torcedores.com tomou a liberdade de analisar quais são as posições do time de Vanderlei Luxemburgo que precisam de novas peças para se fortalecer no Nacional. E parece que o Flamengo está voltando os holofotes para o estado de São Paulo em busca de solucionar seus problemas. Confira!

ESQUEMAS ATUAIS

1) 4-4-2

football formations

Nas duas primeiras rodadas do Brasileiro, Luxa tentou escalar o Fla em dois esquemas. Contra o São Paulo fora de casa, o técnico apostou no esquema com duas linhas de quatro e dois jogadores mais à frente, mas sem um centroavante de referência. Assim, Marcelo Cirino e Gabriel ficaram mais avançados, com Everton mais recuado na função de meia.

2) 4-3-3

football formations

Já contra o Sport no Maracanã, Luxemburgo tentou ser mais ousado com uma formação em 4-3-3. Dessa forma, Everton foi deslocado para o ataque ao lado de Gabriel, ambos com a função de jogar pelos lados do campo e tentando servir Alecsandro, atacante mais centralizado dentro da área.

Em ambos os esquemas, colocamos Pablo Armero, que chegou do Milan, como titular na ala esquerda no lugar de Anderson Pico.

NECESSIDADES
Nesse cenário, o Flamengo precisa claramente de um atacante de peso para tentar dividir a responsabilidade com o experiente Alecsandro e passar mais tranquilidade aos mais jovens. Os nomes mais cotados para chegar à Gávea são os de Robinho, do Santos, e Paolo Guerrero, do Corinthians, exatamente dois dos melhores jogadores ofensivos do futebol brasileiro na atualidade. Entretanto os cariocas esbarram nos altos valores pedidos pelos atacantes para vestir a camisa rubro-negra.

Na zaga, Wallace e Bressan vêm sendo escalados, porém ainda falta um nome de peso ao setor para dar uma maior tranquilidade à torcida e ao restante do elenco. Com a chegada de Armero, o Fla resolve primeiramente a carência na lateral esquerda. Do outro lado, Pará é o titular, mas a diretoria está de olho para uma reposição melhor no setor.

Para o meio campo, o nome de Petros interessa à cúpula do Mengão, porém novamente os valores para a negociação assustam os cariocas. Atualmente Luxa vem usando Canteros, Jonas, Almir e Everton entre os titulares. Márcio Araújo, Cáceres, Lucas Mugni, Luiz Antônio e Arthur Maia são alternativas para entrar no decorrer da partida. Petros seria uma ótima opção como segundo ou terceiro volante.

Para a armação, Paulo Henrique Ganso chegou a ser sondado, mas a diretoria do São Paulo fechou as portas. O nome que foi mais comentado, todavia, foi o de Diego, que atualmente atua pelo Fenerbahçe. Algumas publicações chegaram a cravar que o jogador tinha rescindido contrato com o clube turco e estaria voltando ao Brasil, boato negado pelo pai e empresário Djair Ribas. Atualmente a diretoria rubro-negra não expõe ou dá pistas publicamente sobre possíveis nomes que poderiam chegar para somar no setor.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Gilvan de Souza/Agência Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.