Último campeão em Roland Garros antes da “dinastia Nadal” virou ator de novela

Getty Images

O espanhol Rafael Nadal criou uma dinastia em Roland Garros após o primeiro título, em 2005. Nas últimas dez últimas edições, só não ganhou uma vez – quando acabou eliminado pelo sueco Robin Soderling. A hegemonia já dura tanto tempo que o último campeão antes de Nadal, o argentino Gaston Gaudio, se aposentou há quatro anos e se arriscou na carreira de ator.

LEIA MAIS:

Bellucci supera até Djokovic e vai para Roland Garros como recordista de vitórias

No distante 2004, Gaudio protagonizou uma final histórica para os argentinos, afinal do outro lado da quadra estava Guilhermo Coria. Mais badalado, Coria abriu 2 sets a 0, mas sentiu a pressão de fechar o jogo e conquistar o Grand Slam. Gaudio, que se diferenciava pela esquerda de uma mão, virou a partida de maneira espetacular.

Mas, depois da façanha, a carreira de Gaudio não decolou como ele desejava. A aposentadoria foi anunciada aos 32 anos, cedo para a modalidade. Antes do anúncio, lidou com uma depressão e precisou de tratamento.

Sem a raquete em mãos, Gaston Gaudio participou da novela argentina Graduados, do canal de televisão Telefé, mas também não teve vida prolongada na nova “carreira”.

Desde Gaudio, apenas Federer se consagrou campeão em Paris, quando aproveitou o único vacilo de Nadal, em 2009. Outra estatística interessante é que o último tenista a vencer por duas vezes consecutivas o Grand Slam francês foi justamente o brasileiro Gustavo Kuerten, em 2000 e 2001.

Foto: Getty Images



Jornalista desde 2008, é um estudioso do esporte e se orgulha por ter participado da cobertura de duas Olimpíadas: na Folha e no iG. Fecha o caderno de esportes do jornal ABCD MAIOR, que fica na Região do ABC Paulista