#Tite54anos: A conquista da Sul-Americana com o Internacional

Divulgação/Inter

Tite chegou ao Internacional no dia 12 de junho de 2008 e sua contratação não foi bem aceita por parte da torcida, já que ele havia tido uma grande passagem pelo seu rival, Grêmio. Com isso a missão dele era terminar o restante da temporada bem no Brasileirão e também na Sul-Americana e o segundo objetivo foi cumprido.

Tite deixou sua história com o Grêmio de lado e eliminou o Tricolor ainda na primeira fase com placares de 1 a 1 e 2 a 1. Assim o treinador já ganhava o respeito do torcedor colorado e continuou tendo êxitos na competição, onde enfrentou times de tradição como Universidad Católica, Boca Juniors, Chivas Guadalarara e Estudiantes na final.

Sua passagem pelo Internacional ainda teve dois vice-campeonatos. A Copa do Brasil, em 2009 e a Recopa Sul-Americana, fora que ainda ganhou a Copa Suruga no mesmo ano.

O sucesso de Tite deixou saudades no Beira-Rio e aquela desconfiança que o torcedor tinha quando ele chegou ficou para trás. Prova disso foi a quase ida do treinador no início desse ano, quando o Colorado ofereceu um alto salário para que Adenor voltasse para o clube gaúcho e ele preferiu aceitar uma verba menor para treinar o Corinthians.

Foto: Divulgação/Internacional



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.