#Tite54anos: A curta carreira como jogador de futebol

Para quem fala que bons técnicos hoje em dia, são os que não foram bons jogadores no passado se engana quando se trata de Adenor Leonardo Bachi, ou Tite, como é conhecido. O treinador nos tempos de atleta jogou como volante.

A curiosidade é que o apelido Tite já vem consigo desde os tempos de Caxias, onde iniciou profissionalmente nos anos 70 e quem o começou chamando assim foi ninguém menos que Luis Felipe Scolari, pois em um torneio de escolas Felipão confundiu o nome de Adenor e quando o hoje treinador do Corinthians foi levado para o Caxias foi apresentado com este apelido.

Sua carreira como jogador, infelizmente, foi curta. Mas antes de largar carreira de jogador, Tite iniciou jogando no Caxias-RS. Ficou na equipe grená de 1978 até 1984, quando foi negociado com o Esportivo-RS.

Assim como no Caxias, Tite não conseguiu títulos pelo esportivo e diferentemente de seu time anterior, não ficou por muito tempo. No Esportivo, Tite ficou apenas uma temporada e seguiu para a Portuguesa em 85, onde começou a chamar atenção de fortes clubes da época. Após permanecer um ano na Lusa, o Guarani foi quem levou o jogador para Campinas e foi no Bugre que ele teve mais sucesso na carreira, porém em três temporadas ele foi tri-vice na equipe verde.

Tite permaneceu por três anos no Guarani e dentre esse tempo ele foi um dos destaques da equipe na campanha que culminou no vice-campeonato do Brasileirão de 1986, onde houve uma polêmica de um pênalti claro não dado pelo árbitro na final contra o São Paulo. Em 87, ele foi vice do nacional (Copa União) e também do Paulistão em 88.

Em 1989, Tite encerrou sua carreira com 28 anos após ter uma sequência de lesões que o atrapalhariam em sua caminhada. Problemas no joelho e tornozelo fizeram ele encurtar sua passagem pelos gramados. Para se ter ideia, o treinador do Corinthians não consegue dobrar um de seus joelhos por completo por causa de uma lesão.

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.