#Tite54anos: A saída conturbada do Corinthians em 2005 e a volta triunfal em 2010

Tite
crédito foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Tite iniciou a primeira passagem no Corinthians em 2004, após a demissão de Oswaldo de Oliveira. Pegou o time a dois pontos da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro (18ª posição). O treinador fez um belo trabalho de recuperação e o Timão acabou terminando aquela edição na quinta posição, muito próximo a zona da Copa Libertadores.

Tite caiu nas graças da torcida corintiana, porém, em fevereiro de 2005, após derrota para o São Paulo, o comandante foi demitido pelo presidente da MSI (parceira do clube), Kia Joorabchian.

Cinco anos depois, o gaúcho teve a volta confirmada pela diretoria, substituindo Adilson Batista. No ano seguinte, o Corinthians começou a colher os frutos. Faturou o título do Campeonato Brasileiro, mas o melhor ainda estava por vir. Com excelente trabalho, Tite levou o Timão à inédita conquista da Copa Libertadores de 2012. E para fechar a temporada com chave de ouro, conduziu o time ao título do Mundial de Clubes, no Japão.

Embora o Corinthians tenha caído de rendimento em 2013, Tite ainda recheou o seu currículo com mais dois troféus: o Campeonato Paulista e a Recopa Sul-Americana. No final de dezembro, com a campanha decepcionante no Campeonato Brasileiro, teve a sua saída confirmada. Encerrou a segunda passagem com 107 vitórias, 56 empates e 43 derrotas.

Para alegria da massa alvinegra, no final da temporada 2014, foi anunciado o seu retorno. Será que o treinador obterá mais títulos pelo Timão? Até o momento, foram duas decepções: eliminação na semifinal do Campeonato Paulista para o arquirrival Palmeiras e queda nas oitavas de final da Copa Libertadores para o modesto Guaraní-PAR, porém, a equipe começou bem o Campeonato Brasileiro, com duas vitórias e um empate. Quem sabe não pinte mais um troféu brasileiro….

crédito foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)