Tite lamenta falta de agressividade do Corinthians e explica Elias entre os reservas

Foto: Divulgação

O técnico Tite não ficou muito satisfeito com a atuação do Corinthians no empate sem gols contra o Fluminense, na tarde deste domingo, no Maracanã. Para ele faltou força ofensiva ao time. O Timão teve apenas duas oportunidades claras ao logo dos 90 minutos. Na primeira delas, Guerrero de frente para o gol chutou bisonhamente para fora. Na segunda, do meio da rua, Jadson finalizou para grande defesa de Diego Cavalieri.

LEIA MAIS:
Guerrero perde um gol incrível e Corinthians e Fluminense não saem do zero no Maracanã
Fred e Petros se estranharam após o duelo no Maracanã

“A equipe manteve a posse de bola, com o Fluminense buscando o contra-ataque, mesmo em casa. Mas, no último terço do gramado, uma efetividade maior, uma infiltração maior, a finalização, ela (equipe) careceu”, disse.

Tite também justificou porque optou por iniciar o duelo com Elias no banco de reservas, dando assim chance a Bruno Henrique. O camisa 7 alvinegro negocia retorno ao Flamengo.

“Eu estou dando uma parte da resposta. É um conjunto todo da obra. Falo da parte técnica. A opção foi técnica”, resumiu.

O próximo desafio do Corinthians está marcado para domingo que vem, contra o Palmeiras, na Arena, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

foto: Divulgação



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)