Técnico do Santos critica árbitro e relata abatimento dos jogadores no vestiário

Marcelo Fernandes neymar pai
Foto: Divulgação/Santos FC

Após o jogo contra a Chapecoense, o técnico Marcelo Fernandes concedeu entrevista coletiva e comentou sobre o revés na Arena Condá. O comandante santista critica a arbitragem, pelo excesso de cartão amarelo no jogo deste domingo.

LEIA MAIS:
Apodi garante triunfo da Chapecoense diante do Santos na Arena Condá

“Ele deu um monte de cartão amarelo e na hora de dar para o Gil, não deu. Ele deu em lances muito menores”, esbravejou.

Em relação a atuação do Santos, o treinador reconhece o mal desempenho de seus atletas, mas afirma que o Peixe fez o máximo para reagir no jogo. Para Fernandes, o time teve vinte minutos ruins na partida e acredita que teve chances de igualar o jogo.

“Minha equipe teve 20 minutos muito ruins. Nós tivemos várias chances depois dos 20 minutos do primeiro tempo. A Chapecoense é uma grande equipe. Só que o Santos mostrou um grande jogo também” analisou.

Marcelo também relata abatimento dos jogadores no vestiário, após a derrota para o Verdão do Oeste, na Arena Condá. Além de dizer, que o revés serviu de aprendizado para os atletas e o elenco alvinegro.

“É mais um grande aprendizado para a gente. Está todo mundo muito chateado no vestiário”, completou.

Já na quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos recebe o Sport Recife, às 11 horas, na Vila Belmiro, na Baixada Santista, domingo.

Foto: Divulgação/Santos FC



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com