Senador russo quer que país impeça que jovens joguem na NHL

Agora senador, o ex-jogador da NHL, Slava Fetisov defende que o governo local deveria reintroduzir as leis restritivas que impediam que atletas com menos de 28 anos deixasses o país para atuar na América do Norte.

Atualmente jovens russos podem migrar para os Estados Unidos para começar suas carreiras de hóquei profissionais quando quiserem. Em entrevista à uma agência de noticias, Fetisov defendeu a ideia alegando que manter os jogadores mais talentosos no país pode chamar mais atenção do público para assistir a Kontinental Hockey League.

Fetisov foi um dos primeiros jogadores a aproveitar as leis mais benéficas da Rússia no final dos anos 80. Com 31 anos, o defensor deixou o país para jogar pelo New Jersey Devils. Mais tarde, conquistou duas Stanley Cups com o Detroit Red Wings, fazendo parte do grupo de russos mais famosos a jogar na liga, o Russian Five (Fetisov e Vladimir Konstantinov na defesa; Igor Larionov, Sergei Fedorov e Vyacheslav Kozlov no ataque).

Dos 30 atletas russos que jogaram a temporada da NHL esse ano, 19 deles tem menos que 28 anos. Entretanto, os dois principais nomes russos da liga na atualidade, Evgeni Malkin e Alex Ovechkin, tem 28 e 29 anos, respectivamente.

Foto: Reprodução



João Pedro Kalaydjian Pierro, 18 anos, estudante de jornalismo na Universidade Paulista, fissurado em esportes americanos.