Ponte Preta ‘vende’ mando e encara Palmeiras na Arena Pantanal em julho

Crédito da Foto: Divulgação/Portal da Copa

A partida entre Ponte Preta e Palmeiras, válida pela 11ª rodada do Brasileirão, será disputada na Arena Pantanal, em Cuiabá. A diretoria da Macaca resolveu transferir o jogo do Moisés Lucarelli para a capital matogrossense por dois motivos: ajudar no equilíbrio das contas do clube, já que vai ganhar R$ 1 milhão pela ‘venda’ do mando, e divulgar o nome do clube em outras capitais do Brasil. A Ponte não terá custo em relação à logística, com passagens de avião e hospedagens gratuitas.

LEIA MAIS:
Arce revela que esteve perto de treinar o Palmeiras
Barrios confirma que pode jogar no Palmeiras, mas decide destino na próxima semana

Quem fez a oferta para os dirigentes da Ponte Preta foi o ex-atacante Roni, hoje empresário em Goiás, que receberá todas as receitas do confronto. Já o time campineiro ganhará R$ 700 mil adiantados e R$ 300 mil depois do duelo.

A quantia pelo jogo em Cuiabá também será útil para compensar a falta de público nos jogos com portões fechados pelo Brasileirão após a confusão na partida contra o Joinville pela Série B do ano passado. A Macaca divulgou que o prejuízo no jogo contra o São Paulo no último domingo foi superior a R$ 35 mil pelo custo operacional. A Ponte ainda tem o duelo contra a Chapecoense no Moisés Lucarelli sem torcida.

Para garantir a presença dos seus torcedores em Cuiabá, a Macaca disponibilizará ingressos gratuitos para os adeptos ao Camisa 10+, que já têm direito de entrar no Moisés Lucarelli sem pagar. A diretoria também analisa outras formas de atrair a torcida, uma delas pode ser a realização de um evento com telão e cerveja de graça aos associados.

Na primeira rodada do Brasileirão, Cruzeiro e Corinthians se enfrentaram na Arena Pantanal e a equipe mineira vendeu o mando de campo também por R$ 1 milhão, segundo especulação nos bastidores. A empresa de Roni, todavia, teve um déficit pelo pequeno público, já que as equipes escalaram reservas por dividirem as atenções com a Libertadores.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Portal da Copa/Divulgação



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.