Perguntas e comentários que todo fã da Fórmula Indy escuta

Para quem é fã da Fórmula Indy, os dias de corrida são sagrados, seja as 500 milhas de Indianápolis, seja um circuito de rua qualquer. Quem tem o luxo da TV paga liga no BandSports e não tira o olho da tela desde a bandeira verdade até a quadriculada. Quem não consegue ter TV paga parte para os streamings na Internet.

No entanto, quem está numa rodinha de conversas e admite que gosta da Indy é normal que apareçam certas perguntas e comentários que as vezes chegam até a irritar. Os fãs da Indy, através da pagina IndyCar da Depressão contam o que mais costuma ouvir quando fala sobre a categoria.

Isso é Fórmula 1?

Para quem não conhece automobilismo ou está tentando entrar nesse meio, essa confusão até que é normal, já que ambos os carros são monopostos (cabem um piloto só), e aparentemente iguais. Mesma confusão pode acontecer com a Fórmula E, que também é monoposto. Contudo quem realmente conhece as categorias percebe as enormes diferenças entre os carros.

Fórmula 1 é mais rápida

Nesse caso, vai depender do circuito. O Fórmula 1 é melhor em arrancadas e curvas fechadas; portanto em circuitos travados realmente o F1 se sairia melhor. Contudo, o Indy tem velocidade final de reta maior e em curvas rápidas. Concluindo, num circuito de longas retas e poucas curvas, o Indy certamente derrotaria o F1.

Qual a posição do Massa?

Essa matéria é sobre Indy, não sobre F1.

Formula Indy é uma Serie B do automobilismo

Aqui temos uma comparação bem esdrúxula com futebol.  Primeiro que não existe promoção e rebaixamento no automobilismo (a não ser a Stock Car Brasil em alguns anos). Segundo que os pilotos da Indy podem ser tão bons quanto dos da Fórmula 1. Os mais antigos podem falar de Michael Andretti, que só fez papelão na F1; e de Nigel Mansell, que foi campeão no primeiro ano da Indy. Nesse caso, Mansell pegou a melhor equipe da época, e Andretti foi para uma equipe hostil a sua presença e com carro fraco. È bom lembrar também que Jaques Villeneuve foi campeão da Indy antes de ir para a F1, e Rubens Barrichello teve uma passagem apagada pela Indy.

Formula Indy só corre em círculo

Essa afirmação provavelmente é o que mais irrita os fãs da Fórmula Indy. Para começar, segundo o Info-Escola, círculo é um conjunto dos pontos de um plano cuja distância a um ponto dado desse plano é menor ou igual a uma distância (não nula) fixa dada. Nenhum dos circuitos da Indy tem essa característica, portanto não acontecem corridas em círculos, mas sim em ovais; E outra. Tudo bem que a Indy Racing League ao se separar da CART correu apenas em ovais, mas a Indy atual corre em todos os tipos de circuitos: mistos, ovais e de rua.

Oval é tudo igual

Essa não irrita só os fãs da Indy, mas os da NASCAR também. Basta uma olhada pelo Google Earth para perceber que os ovais são bem diferentes. A Indy em seis ovais no calendário, todos com enormes diferenças. Indianápolis e Pocono tem duas milhas e meia, mas um é retangular e outro, triangular. Fontana tem duas milhas. Texas, uma e meia. Iowa e Milwaukee mal chegam a uma milha, mas o primeiro é inclinado, e o segundo não. Isso é a Indy. Se olhar a NASCAR, verá todo o tipo de circuito oval diferente.

Oval é fácil de dirigir.

Outro mito sobre circuitos ovais é bastante relacionado ao anterior. Muita gente pensa que como oval tem curvas apenas para a esquerda acham que qualquer um pode pilotar. A questão é que, como explicado anteriormente, os ovais não são todos iguais, e dirigir em Iowa não é o mesmo que pilotar em Indianápolis que por sua vez nada lembra Fontana. Se falarem que qualquer um dirige em ovais, responda o seguinte: vai lá, pegue um carro e tenta.

Fórmula Indy é para suicidas

Se essa afirmação vier de alguém que não entende de automobilismo, essa afirmação até aceitável, mas se vem de alguém que vê Formula 1, irrita bastante. È verdade sim que a historia da Indy é cheia de mortes, vide Greg Moore, Dan Wheldon, Scott Brayton, dentre tantos outros; porém vamos nos lembrar que Ayrton Senna não era piloto da Indy quando morreu em Ímola. E Jules Bianchi não pilotava na Indy quando bateu no trator e entrou em coma. A Fórmula 1 tem uma historia igualmente sangrenta se não foi pior quando o quesito e mortes de pilotos.

500 milhas tem esse nome porque são 500 voltas?

Se a corrida acontecesse em Milwaukee até faria sentido, já que esse oval tem apenas uma milha, mas como são 500 milhas de Indianápolis, a resposta é não. O oval de Indianápolis tem duas milhas e meia de extensão. Agora faça a conta: se uma volta é duas milhas e meia,quantas voltas tem 500 milhas?

Qual é a graça de ver carros correndo em círculos?

Primeiro: a Indy não é programa humorístico para você achar graça, se quer dar risadas pegue o computador e acesse o Porta dos Fundos ou o Parafernália. Segundo, a historia dos círculos já foi explicada. Já para quem não acha graça em assistir corridas, então faça o seguinte. Se você for fã da Fórmula 1, olhe bem e veja quantas corridas realmente boas a  categoria teve nos últimos anos? Se gosta de futebol, então faça a pergunta: qual é a graça de ver 20 marmanjos correndo atrás de uma bola?