Palmeiras já foi eliminado pelo Asa-AL, mas é melhor no confronto direto

Divulgação

O ano de 2002, definitivamente, é para ser esquecido da mente dos palmeirenses.

LEIA MAIS:
Rede de restaurantes do Palmeiras já tem nome: Cantina Palestra

Além do primeiro rebaixamento para a segunda divisão do Brasileiro, o Alviverde teve que amargar uma eliminação vexatória e precoce diante do Asa-AL, adversário de logo mais pela terceira fase da Copa do Brasil 2015.

Pela primeira fase, em 2002, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo perdeu em Arapiraca por 1 a 0. Sandro Goiano foi o autor do gol alagoano.

Em São Paulo, Galeano abriu o placar logo nos primeiros dez minutos. A ideia de que o jogo seria fácil foi totalmente descartada quando Sandro Goiano, mais uma vez, marcou para o Asa aos 43 minutos.

Na segunda etapa, o zagueiro César colocou o Palmeiras de novo na frente, mas foi pouco. O Palestra precisava de mais um gol por conta do tento fora marcado pelo adversário. A eliminação foi desastrosa.

As equipes voltaram a se enfrentar pela disputa da Série B em 2012. No estádio Fumeirão, o Palmeiras aplicou goleada para cima do Asa: 3 a 0. Pela 21ª rodada, em São Paulo, o Verdão venceu mais uma vez: 3 a 0 de novo. Foram seis gols em duas partidas, e o clube paulista ratificou o título de Campeão Nacional da Segunda Divisão.

Em 2014, mesmo não tendo um ano bom, o Palmeiras se manteve na primeira divisão.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.