Opinião: Levir Culpi precisa trabalhar melhor a instabilidade do Galo

Divulgação/Atlético-MG

O Atlético-MG vem oscilando no Campeonato Brasileiro. Em três partidas, o Galo empatou a primeira, empatou a segunda e perdeu a terceira. Falta constância à equipe no Campeonato Brasileiro. E trabalhar isso é função do técnico Levir Culpi.

LEIA MAIS:
Galo aposta no Horto para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro

Por conta do tropeço contra o Atlético-PR, em Curitiba, na última rodada, o confronto entre e Galo e Vasco, neste domingo (31), pela 4ª rodada do nacional ganhou importância para os atleticanos. Será o jogo que vai começar a decidir o futuro do time no torneio. Se vencer, o Galo continuar no bolo dos favoritos ao título; derrota pode representar distanciamento ainda maior da ponta da tabela.

Atualmente, o Atlético-MG é o oitavo colocado, com 4 pontos. Uma vitória fará o time somar o mesmo número de Sport, Goiás e Corinthians, equipes que dividem a liderança. Ou seja: para seguir com chances e fôlego para ser candidato ao troféu, o Galo precisa vencer. Em caso de derrota dos rivais diretos, melhor ainda.

Os dois primeiros jogos do time no nacional foram promissores. Na estreia, o Galo empatou com o Palmeiras em São Paulo por 2 a 2. Levir Culpi poupou alguns jogadores. Em seguida, em Brasília, o Galo massacrou o Fluminense por 4 a 1. E, na última rodada, a equipe jogou bem, mas perdeu para o Atlético-PR por 1 a 0. Desempenho oscilante que liga o sinal de alerta no time alvinegro.

Levir Culpi precisa corrigir isso já, para que a equipe não tenha “caras” distintas como mandante e como visitante. O confronto com o Vasco, que marcará a estreia do Galo no Horto, será um bom teste para o treinador e para o Atlético.

Crédito da foto: Divulgação/Atlético-MG



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.