Opinião: Guerrero sairá com a imagem arranhada do Corinthians se acertar com Flamengo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O torcedor corintiano já está ciente de que Guerrero não vai permanecer no Corinthians no segundo semestre. Ambas as partes não se entenderam quanto a ampliação do vínculo. O staff do atacante não abriu mão dos altos valores: salário de R$ 500 mil mensais e R$ 18 milhões de luvas por um contrato de três anos.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Flamengo e Guerrero acertam contrato, diz site

O ídolo tem todo o direito de escolher a melhor proposta para a carreira. No entanto, o que incomodou muito o torcedor alvinegro foi o seu discurso após o empate sem gols contra o Fluminense, no último domingo. “Em São Paulo, acho que não jogo por nenhum outro time. Eu jogo pelo Corinthians e sou torcedor do Corinthians. Ainda não defini meu futuro”, disse aos repórteres ainda no gramado do Maracanã. Semanas atrás, as palavras eram outras. Ele reiterou várias vezes que no futebol brasileiro não jogaria em outro clube que não fosse o Corinthians.

“Eu já falei várias vezes e repito: o único time brasileiro pelo qual vou jogar será o Corinthians. Espero ficar muito tempo no clube. Estou tranquilo. Falei com meu empresário na semana passada e vamos sentar de novo e conversar para a minha renovação. Estou feliz no Corinthians e quero ficar”, disse em uma das ocasiões.

Nesta segunda-feira, de acordo com o UOL Esporte, Guerrero e Flamengo acertaram contrato e o peruano deve desembarcar na Gávea ao final da Copa América, em julho. E pasmem! Os empresários do camisa 9 aceitaram valor semelhante proposto pela gestão Mario Gobbi, em dezembro do ano passado: salários de R$ 500 mil mensais e luvas de R$ 12 milhões por um contrato de três anos. Com o Timão, o staff do jogador não abriu mão dos R$ 18 milhões.

Se a negociação com o rubro-negro for confirmada, o torcedor corintiano tem motivos para ficar aborrecido com o herói do título Mundial de 2012. Mas nada de hostilizá-lo como alguns idiotas fizeram durante o embarque do Corinthians para São Paulo após o empate contra o Fluminense.

Será que Guerrero ama tanto o Corinthians como anda dizendo aos quatro ventos?

 Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)