Nunca Te Cagues, Inter!

Sabemos exatamente o que estamos sentindo nesse momento porque um balde de água fria nunca foi novidade pra quem é colorado desde sempre. Porém coincidentemente nas duas conquistas da Libertadores fomos derrotados fora do Beira-Rio nas quartas de final. Facilidade jamais fez parte da caminhada e essa é a hora em que precisamos nos manter erguidos.

LEIA MAIS:
Seguimos vivos!
David Luiz critica imprensa e esclarece: “Não sou virgem”

As pernas pesarão mais e o coração baterá mais forte porque a dúvida apareceu junto com um gol nos acréscimos do segundo tempo, justamente na última bola do jogo em Bogotá. Mas quem já se classificou faltando um minuto pro juiz apitar no meio da fumaça sabe bem que devemos acreditar sempre.

Pra que tivéssemos visto um Valdés estatelado no chão depois de um chute colorado respeitamos muita gente, suamos demais, vomitamos, enfartamos, nos exaurimos em mares de loucura e caos. Perdemos e vencemos sem nunca desacreditar nosso próprio merecimento. É possível por competência e não por tapetão ou sorteio.

Qualquer derrota é iminente quando não acreditamos na nossa condição. O primeiro derrotado é sempre aquele que aceita a derrota sem antes ao menos tentar.

Se vencer o Santa Fé em Porto Alegre testará nossa sanidade, prefiro lembrar também que foi um parto termos passado de fase depois da derrota por 2 x 1 contra a LDU em 2006. Pra muitos voltamos mortos da Argentina depois daquele 3 x 1 pro Banfield em 2010. Pois queimamos as cartilhas e mudamos as regras de quem não respeitava nossos sonhos.

Por isso peço pra ti que acredita no Inter: nunca te cagues!

Somos um dos clubes que ajudou a construir um dos pilares da história recente da Libertadores da América. Transformamos chacotas sobre desconhecerem o Inter em degraus feitos de cansaço e rouquidão. Não vencemos por sorte nenhuma das nossas Libertadores porque não existe sorte em 14 jogos. O que existe é bastante competência e um pingo de acaso num Guaíba de querer e lutar.

Por isso eu peço pra ti que acredita na força do torcedor: nunca te cagues!

No estádio, no trânsito, do sofá da sala. Assando uma carne com os amigos ou torcendo na solidão do quarto. Apertando os fones contra o ouvido ou aumentando o volume da TV, acredite: és tão importante quanto qualquer um outro nessa empreitada.

Atirando os braços pra cima, socando o ar ou inerte tens a capacidade de ajudar a vencer. Com o sinalizador nas ruas, agitando o boné na superior, pulando atrás do gol ou fazendo o cachorro latir ao ver as veias do dono saltarem pelo pescoço depois de pular dentro de casa, não importa: todos somos essenciais.

Por isso peço pra ti que não vai te entregar sem pelear: nunca te cagues!

Somos 111 mil sócios e milhões de torcedores espalhados pelo mundo. Estamos presentes nas conquistas e nas derrotas para levantar quantas vezes for preciso um clube que foi erguido com esforços e tijolos de quem ama esse clube. Estivemos no céu e no inferno dezenas de vezes nas últimas duas décadas e nunca desistimos de acreditar.

Ninguém pode dizer que não vamos conseguir. Nenhum colorado é louco pra duvidar da força do Inter.

Acredite. Vamos junto. E acima de tudo: NUNCA TE CAGUES!

Imagem: Sport Club Internacional



Futebol e corneta sem esculhambar paixões.