Cinco motivos pelos quais o Atlético-MG sente a falta de Diego Tardelli

BELO HORIZONTE, BRAZIL - NOVEMBER 19: Diego Tardelli #9 of Atletico MG celebrates a scored goal against Flamengo during a match between Atletico MG and Flamengo as part of Brasileirao Series A 2014 at Independencia stadium on November 19, 2014 in Belo Horizonte, Brazil. (Photo by Pedro Vilela/Getty Images)

O atacante Diego Tardelli é um dos ídolos do torcedor do Atlético-MG. Em duas passagens pelo clube, o ex-camisa 9 brilhou entre 2009 e 2011 e entre 2013 e 2014. Em janeiro de 2015, ele acertou a ida para o Shandong Luneng, da China, e deixou a torcida na saudade.

LEIA MAIS:
Enquete: Quem faz mais falta ao Atlético-MG em 2015?

Mesmo com o Galo contratando um substituto à altura – o argentino Lucas Pratto, novo dono da camisa 9 –, é possível dizer que o Atlético sente falta de Diego Tardelli. Confira os motivos:

1) Identificação
Tardelli criou, ao longo das duas passagens com a camisa atleticana, uma identificação profunda com o clube. Nem parece que ele é paulista de Santa Barbara d’Oeste e revelado pelo São Paulo, mas, sim, mineiro criado na base do Galo. Em fevereiro deste ano, já a serviço do clube chinês, ele admitiu ao “Globoesporte.com” que sentia saudades do Atlético: “Vou sentir falta da torcida, do Atlético, das brincadeiras com os amigos ali dentro, de um campeonato competitivo como o Brasileiro.”

2) Versatilidade
Mesmo jogando com a 9, Tardelli não é aquele centroavante estático. Pelo contrário, se movimenta, corre, sai da área. Um jogador que cabe em qualquer esquema tático e que seria muito útil ao Galo 2015.

3) Raça
Tardelli é um jogador raçudo, daqueles que brigam em campo e dão o sangue para o time. Por isso, caiu nas graças da torcida. O Atlético precisa de jogadores assim.

4) Letal contra o Cruzeiro
Tardelli é o sexto maior artilheiro do Atlético em confrontos com o Cruzeiro. Em nove partidas, foram nove gols. Vale lembrar sempre que, pelo Campeonato Mineiro de 2011, ele marcou três gols em apenas um jogo.

5) Seleção e credibilidade
Ser jogador da seleção brasileira dá status diferenciado ao atleta e ao clube. E Tardelli é o camisa 9 preferido de Dunga.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.