Galvão se irrita com piloto de 17 anos e rebate repórter ao vivo na F1

O narrador Galvão Bueno demonstrou inconformismo com a presença do piloto holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, na Fórmula 1. O jovem de 17 anos é o mais novo da história da categoria e protagonizou uma batida no GP de Mônaco, neste domingo (24). O locutor da TV Globo criticou a FIA por permitir a participação dele em corridas e chegou a rebater em tom de indignação uma entrada da repórter Mariana Becker.

LEIA MAIS
Rosberg aproveita erro da Mercedes em estratégia de Hamilton e vence em Mônaco

“Estava na cara. Por isso é que eu digo: o que pode passar na cabeça de um menino de 17 anos, andando em Mônaco? Ele vinha tendo mais sorte que juízo, mostrando talento, mas errando muito, batendo, porque exagera, passa do ponto”, disse Galvão, enquanto a TV mostrava imagens da batida de Verstappen com Romain Grosjean, da Lotus.

Em seguida, Mariana Becker emendou. “Infelizmente é assim que se aprende, né, Galvão?”. O narrador não gostou do comentário e respondeu. “Não, não é assim, não. Tanto não pode ser assim, Mariana, que a FIA já proibiu [para os futuros pilotos]. É um exagero, um excesso de permissividade, não pode ser assim”, afirmou Galvão.

Após uma troca de opiniões com o comentarista e piloto Luciano Burti, a repórter da Globo voltou a entrar para falar sobre o assunto. “Galvão, a participação dele foi muito questionada no início da temporada, [perguntavam] se não era muito jovem para participar. Talvez por causa de atitudes como essa. A gente vê que é uma questão de atitude”, encerrou Mariana, sem nova resposta de Galvão.

Foto: Reprodução/TV Globo



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.