Entre farpas e beijos, Neymar foi peça fundamental do trio ‘MSN’ na conquista do Espanhol

Reprodução/Facebook

No último dia 17, o Barcelona conquistou o Campeonato Espanhol pela 23ª vez, mas esse troféu em especial marcou o início da era campeã de Neymar com a camisa azul-grená. O craque brasileiro foi um dos responsáveis pela campanha espetacular dos culés na Liga ao lado dos companheiros Lionel Messi e Luis Suárez no já famoso trio ‘MSN’ da Catalunha.

LEIA MAIS:
Maiores salários do futebol: Veja quem são os jogadores mais bem-pagos

O camisa 11 do Barça esteve em campo em 33 dos 38 jogos no campeonato, marcando 22 gols em um total de 95 finalizações. Neymar só foi superado por Messi, que balançou as redes em 43 oportunidades, e Cristiano Ronaldo, artilheiro com 48 gols. Foram exatos 2.658 minutos do atacante em campo na Liga, onde também contribuiu com 50 assistências.

O ‘tridente’ Messi-Suárez-Neymar ultrapassou, no fim de abril, a marca de 100 gols na temporada 2014/15, tornando-se o trio mais eficiente da história do Barça. Antes, a façanha pertencia também ao craque argentino, mas acompanhando de Samuel Eto’o e Thierry Henry, em 2008/09.

Totalmente adaptado ao futebol europeu, Neymar foi de coadjuvante a protagonista em várias partidas pelo time catalão na Liga Espanhola. Quem não se lembra dos três gols do ex-santista na goleada por 6 a 0 sobre o Granada? Mesmo com o 400º tento marcado de Messi na carreira, aquele sábado de setembro no Camp Nou foi do camisa 11.

Relembre o hat-trick de Neymar contra o Granada pelo Espanhol:

Além disso, o craque da seleção brasileira não sumiu quando precisou mostrar serviço contra o rival direto Real Madrid. Nas últimas oito rodadas, Neymar deixou sua marca cinco vezes e enterrou qualquer chance dos merengues, que vinham na cola da tabela.

Entretanto Neymar também viveu momentos turbulentos ao longo do Espanhol. Não foram poucas as vezes que o atacante saiu irritado de campo quando acabou substituído pelo técnico Luis Enrique.

Veja algumas das reações do brasileiro em protesto contra o treinador do Barça:

Em partida contra o Atlético de Madrid, que definiu o título dos catalães, Neymar enlouqueceu tanto a defesa de Diego Simeone que o zagueiro uruguaio Godín foi tirar satisfação com o camisa 11 após provocação do brasileiro.

Confira o lance!

Veja os números da campanha do Barcelona na Liga 2014/15 com todos os gols de Neymar:

1ª rodada – Barcelona 3×0 Elche
2ª rodada – Villarreal 0x1 Barcelona
3ª rodada – Barcelona 2×0 Athletic Bilbao – dois gols
4ª rodada – Levante 0x5 Barcelona – um gol
5ª rodada – Málaga 0x0 Barcelona
6ª rodada – Barcelona 6×0 Granada – três gols
7ª rodada – Rayo Vallecano 0x2 Barcelona – um gol
8ª rodada – Barcelona 3×0 Eibar – um gol
9ª rodada – Real Madrid 3×1 Barcelona – um gol
10ª rodada – Barcelona 0x1 Celta de Vigo
11ª rodada – Almería 1×2 Barcelona – um gol
12ª rodada – Barcelona 5×1 Sevilla – um gol
13ª rodada – Valência 0x1 Barcelona
14ª rodada – Barcelona 5×1 Espanyol
15ª rodada – Getafe 0x0 Barcelona
16ª rodada – Barcelona 5×0 Córdoba
17ª rodada – Real Sociedad 1×0 Barcelona
18ª rodada – Barcelona 3×1 Atlético de Madrid – um gol
19ª rodada – Deportivo La Coruña 0x4 Barcelona
20ª rodada – Elche 0x6 Barcelona – dois gols
21ª rodada – Barcelona 3×2 Villarreal – um gol
22ª rodada – Athletic Bilbao 2×5 Barcelona – um gol
23ª rodada – Barcelona 5×0 Levante – um gol
24ª rodada – Barcelona 0x1 Málaga
25ª rodada – Granada 1×3 Barcelona
26ª rodada – Barcelona 6×1 Rayo Vallecano
27ª rodada – Eibar 0x2 Barcelona
28ª rodada – Barcelona 2×1 Real Madrid
29ª rodada – Celta de Vigo 0x1 Barcelona
30ª rodada – Barcelona 4×0 Almería
31ª rodada – Sevilla 2×2 Barcelona – um gol
32ª rodada – Barcelona 2×0 Valência
33ª rodada – Espanyol 0x2 Barcelona – um gol
34ª rodada – Barcelona 6×0 Getafe – um gol
35ª rodada – Córdoba 0x8 Barcelona – um gol
36ª rodada – Barcelona 2×0 Real Sociedad – um gol
37ª rodada – Atlético de Madrid 0x1 Barcelona
38ª rodada – Barcelona 2×2 Deportivo La Coruña

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.

Foto: Reprodução/Facebook



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.