Corinthians e Bragantino compartilham comando, experiência e juventude

Crédito da foto: Reprodução/Divulgação/Bragantino

Há algumas semanas, o Corinthians fechou parceria com o Bragantino para a disputa da Série B. O acordo será parecido com o que a equipe alvinegra e o Flamengo de Guarulhos fizeram anteriormente. Desta vez, o Timão contará com equipe e campeonatos maiores atletas atuarem.

LEIA MAIS:
Corinthians e Bragantino firmam parceria

O Timão, em parceria com a equipe de Bragança Paulista, repassou cinco jogadores por empréstimos. São eles: Brayan Riascos, Gustavo Tocantins, Pedro Henrique, André Vinícius e Zé Paulo.

Em contrapartida, com o aval da equipe corintiana, o Massa Bruta contratou 18 jogadores que se destacaram em outras equipes. A equipe de Bragança trouxe: goleiros Rafael Copetti (ex-Vasco) e Douglas (ex-Capivariano); zagueiro Luiz Gustavo (ex-Penapolense); laterais Alemão (ex-Independente de Limeira), Bruno Costa (ex-Botafogo-SP), Moisés (ex-Madureira); meias Samuel (ex-Capivariano), Wigor (ex-Capivariano), Éverton Dias (ex-Capivariano), e Rodney (ex-Metropolitano); atacantes Chico (ex-XV de Piracicaba), Jobinho (ex-Rio Branco-SP), Rodolfo (ex-Capivariano), Johnathan (ex-Independente de Limeira) e Isaac (ex-Botafogo-SP). Leandro Lima (ex-Foz Iguaçu), Gladstone (ex-Osasco Audax). Todos, com experiência em divisões inferiores –  e superiores em alguns casos – à Série B.

O treinador será Osmar Loss, técnico vencedor nas categorias de base do Corinthians sub-20. Recentemente, conquistou o Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Além dele e sua comissão técnica, o diretor de futebol será Doni, responsável por dirigir o Corinthians no sub-20 e o Flamengo de Guarulhos, time da Grande São Paulo que possuía parceria com o Alvinegro Paulista.

Ainda sem ter estreado no Brasileirão, na quarta feira, 6, o Massa Bruta enfrentou o Flamengo, de Luxemburgo, em jogo treino realizado em Atibaia. As equipes empataram pelo placar de 2 a 2. Pela equipe de Bragança, Jobinho e Isaac marcaram. Já pelo rubro-negro carioca, balançou as redes com Éverton e Arthur Maia.

No último sábado, 9, o Bragantino foi à Alagoas, para enfrentar o CRB. No estádio da equipe mandante, perdeu pelo placar de 2-0. Os gols foram marcados por Clebinho e Daniel Cruz. Ainda em formação e com muitos jogadores para estrearem, mandou ao banco de reservas apenas cinco suplentes – contando com o goleiro.

Dentro de campo, além da derrota na primeira rodada, o Massa Bruta surpreendeu negativamente também no número de cartões. Pedro, Graxa, Erick Luís, João Vítor e Pedro Henrique levaram cartão amarelo. Já o atacante Isaac, que entrou no decorrer do jogo, acabou levando o cartão vermelho.

Na primeira rodada, os atacantes Jobinho, Johnathan e Brayan Riascos não atuaram. Além dele, o lateral-direito Alemão, ex-Independente de Limeira, não esteve em jogo. Segundo informações, o nome dos atletas não foram registrados no Boletim Informativo Diário da CBF para que pudessem atuar contra o CRB.

Na última segunda-feira, 11, os atacantes Johnathan e Jobinho, além do lateral-direito Alemão, tiveram os seus nomes registrados no BID e já podem estrear pelo Massa Bruta.

A parceria, que visa ajudar o Bragantino na disputa da Série B, tem como objetivo principal – além do próprio acesso – emprestar jogadores não aproveitados pelo técnico Tite no elenco do Corinthians. Diante disso, Brayan Riascos, Zé Paulo, Gustavo Tocantins, Pedro Henrique e André Vinícius foram emprestados à equipe de Bragança Paulista. Ademais, ambas as equipes podem contratar outros jogadores vindas de outras equipes. Isaac Prado, destaque do Botafogo-SP na Copa São Paulo deste ano, foi contratado pelo Bragantino – com aval do Corinthians. Em um possível destaque de jogadores que reforçaram o Massa Bruta, o Timão tem prioridade em uma eventual compra. São diversos os jogadores que chegaram ao Alvinegro de Bragança desta forma. Alemão, Johnathan, Jobinho são os exemplos. Alemão e Johnathan disputaram a Série A-2 pelo Galo de Limeira. Já o atacante Jobinho atuou pelo Rio Branco.

FIQUE DE OLHO

Os atacantes Johnathan e Jobinho foram os principais atacantes do Campeonato Paulista Série A-2. O primeiro, autor de 10 gols, foi o artilheiro do Independente de Limeira. Já Jobinho levou o Rio Branco nas costas – marcou 13 gols na competição.O atacante, de 24 anos, possui passagens por Portuguesa, Palmeiras, Corinthians e Seleção de base, além do Flamengo de Guarulhos em 2013 na parceria com o Corinthians. Esteve longe dos gramados por quase dois anos – sobretudo por uma série de lesões graves.

Já Jobinho, artilheiro da Série A-2 pelo Rio Branco, é outro jogador que pode ser a esperança de gols do Massa Bruta. Revelado pela própria equipe de Americana, rodou por equipes modestas como União Barbarense, Ferroviária e Rio Claro. Neste ano, voltou e anotou 13 gols. Tem 30 anos.

PODE SE DESTACAR

Alemão, ex-Galo de Limeira, é outro destaque. O lateral-direito atuou por Flamengo de Guarulhos, Taboão da Serra e Independente. Nas três equipes, bateu na trave e por pouco não subiu o trio para suas respectivas divisões superiores – da Série B à A-1. Na A-2, destacou-se não só pela marcação, mas pela dedicação ofensiva, anotando três gols.

Outros nomes que devemos ficar de olho e também podem se destacar são Isaac Prado e Gustavo Tocantins. O primeiro, destacou-se pelas categorias de base do Botafogo SP. É agenciado pelo Grupo Figer. Já o segundo, depois de ser um dos artilheiros do Timãozinho no Paulista sub-20 do ano passado, subiu para o profissional com o técnico Mano Menezes. Com o comandante, chegou a atuar em algumas partidas.

O COMANDANTE

Osmar Loss Vieira, 39. Nascido em Passo Fundo, no RS. Formado em Educação Física UCS, em Porto Alegre. Talvez um dos maiores pilares nesta parceria. Como treinador, iniciou sua carreira no Internacional, aos 19. Comandou as equipes sub-10 a sub-20 nas categorias de base, além do time B Colorado e o principal de forma interina. Depois, mudou de casa. Passou a comandar o futebol profissional do Juventude. Um ano depois, foi contratado pelo Desportivo Brasil. Atuou como treinador do sub-20 do Fluminense e auxiliar técnico do time carioca profissional. Retornou ao Inter até aceitar o convite do Corinthians para comandar o Timãozinho sub-20.

Em 2011, Loss comandou o Internacional no primeiro jogo da Recopa Sul-Americana. Além disso, possui títulos como o Brasileiro sub-20, em 2006, Copa Federação Gaúcha e Torneio de Turim, ambos em 2009.

Pelo Timão, conquistou os títulos do Campeonato Paulista sub-20, Campeonato Brasileiro sub-20 (2014) – organizado pela Federação Gaúcha (2014) – e Copa São Paulo de Futebol Junior deste ano. Todos, invicto. Com direito a quebras de recordes no estadual e nacional da categoria. Foi responsável por lançar o jovem Malcom, à ocasião com 16 anos, no ano passado. Seu auxiliar técnico é Thiago Gomes.

Um dos principais técnicos das categorias de base do Brasil, Osmar Loss foi cogitado no começo deste ano como um possível substituto de Alexandre Gallo no comando técnico da Seleção Brasileira sub-20. Vale lembrar que Gallo não é mais o treinador da categoria; Rogério Micale assumiu.

Além disso, vale destacar que Doni, diretor de futebol do Massa Bruta, esteve presente nas diretorias de Corinthians sub-20 e também fez uma espécie de ponte representando o Timão na parceria com o Flamengo de Guarulhos. No clube do Parque São Jorge, o profissional esteve presente em praticamente todas as conquistas da base do Timão – desde 2011.

Números de Osmar Loss no comando das categorias de base do Corinthians:

Crédito da arte: Ricardo Xis
Crédito da Arte: Ricardo Xis

As estatísticas do ex-comandante do Timãozinho são de @Sccp_base (perfil de instagram)

Crédito da foto: Reprodução/Divulgação/Bragantino

*Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @RonaldCapita
*Não tem twitter? Curta o autor no Facebook: Ronald Capita



Projeto de jornalista. Se alimenta de seus sonhos através de caneta e papel. Com passagens pelo Voz Caiçara. Atualmente é colaborador do Torcedores.com e, quando pode, faz mídias sociais no PSG Brasil. Um amante do futebol de base.